Oficiais de justiça não conseguem encontrar Manuela D'Ávila

Os credores que tomaram calote do PCdoB e da deputada Manuela D'Ávila nas eleições de 2010 em Porto Alegre, não conseguem convencer os oficiais de justiça a empreenderem sortidas heterodoxas para localizá-los e citá-los nas ações de cobrança.

. As ações de execução prosseguem ativas, mas dormem nos escaninhos das Varas Cíveis de Porto Alegre, enquanto profissionais das áreas de jornalismo, rádio e TV prosseguem sem receber os valores contratados. 

14 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

É só pedirem, ao Juiz, a citação via Edital!!

Por favor, onde estão os advogados desse pessoal??

JulioK

Anônimo disse...

Se não conseguem, que peçam a citação via edital ou com hora certa. Se a dita cuja estiver em Brasília, que seja por Carta Precatória. Simples assim.

Anônimo disse...

Façam plantão no Shooping Moinhos ao meio dia. Ela almoça lá, no reduto burgues de Porto Alegre!!!

aaaa disse...

Pessoal...
Vamos ser mais práticos...
Os que "elementos" que a arrestaram o carro dela e do esposo faz algumas noites poderiam ser contatados...

Anônimo disse...

É só ir ali na Padre Chagas e segui-la ela vai sempre nos mesmos lugares das dondocas dos Moinhos, ai informa aos O.Justiça, pois estes Senhores não gostam de passar trabalho, são muito molhes, eu tenho três mandados
expedidos pelo Sr. Juiz, e eles não estão nem ai para entrega-los. Todos sofremos com a lentidão da nossa Justiça.

Anônimo disse...

Não adianta se misturar com pés rapados que não vão encontrar a Manu, ela só é encontrada em locais de elite onde se reúne a esquerda caviar do cinismo ideológico!

Anônimo disse...

chamem o pessoal que "socializou" o carro dela que eles acham...

Anônimo disse...

Fala com o assaltante dela, eles estão juntos.

Surfista Prateado disse...

Não vai dar em nada, todos jogam no mesmo time. Jamais pagará um centavo.

Anônimo disse...

A Burguesinha Comunista sumiu? Burguesinha só no filé...vejam esse vídeo que mostra o que ela é na verdade, em: https://www.youtube.com/watch?v=GcWH9uU3vkk

Anônimo disse...

Político deveria ser intimado e/ou citado através de oficio dirigido ao Presidente da Casa legislativa onde atua, e o documento ser lido em plenário. Após a leitura a intimação e/ou citação seriam consideradas como efetivadas.
Os do Executivo deveriam ser intimados e/ou citados através de oficio dirigido ao Chefe do Poder que daria ciência ao destinatário.
Assim é feito com funcionários públicos e políticos nada mais são do que funcionários públicos.

Anônimo disse...

COMUNISTA É ASSIM MESMO UM HORA TÁ NUM LUGAR E NA HORA ESTÁ EM OUTRO...

Anônimo disse...

A poucos dias, numa carta aberta, falando sobre a socialização do seu carro, a Manu foi muito clara: "não devo nada a ninguém".

Anônimo disse...

Ainda por cima caloteira. Fiquem espertos os que forem trabalhar para esse pessoal e exijam dinheiro vivo adiantado.