Governo define "emergências das emergências" para iniciar obras emergenciais de recuperação de rodovias

Agora vai
Os projetos já estão prontos ou estão em fase de conclusão, o que permitirá que o novíssimo secretário de Infraestrutura, o petista João Victor, que substituiu o socialista Caleb Oliveira, inicie as tratativas para lançar os primeiros editais para a contratação das empreiteiras que recuperarão os primeiros trechos dos 800 quilômetros situados no alvo das ações do governo estadual.

. O governo dará prioridade às "emergências das emergências", uma nova categoria de obras que passarão á frente de todas as outras. Para elas, estão garantidos R$ 120 milhões.

. Ontem, ficou pronto o projeto do primeiro trecho, a ERS-715, acesso da BR-116 a Tapes.

. O secretário de Infraestrutura, João Victor Domingues, garante que até o final deste ano serão recuperados os 800 quilômetros declarados emergenciais para fins de recuperação.


. Por conta dos projetos, a secretaria de Infraestrutura já prepara viagens do governador ao interior, onde fará novas promessas. 

6 comentários:

Anônimo disse...

gaucho merece mesmo ,800 quilometros de promessa

Anônimo disse...

Políbio,

Entre o lançamento do Edital, licitação, recursos e etc e tal, vão ser gastos de 120 a 150 dias.

Quer dizer: vão começar as obras no período de CHUVAS no RS com o governo cobrando prazo.

Resultado: Serviço porco, de olho apenas na eleição perdida!!

JulioK

Anônimo disse...

Agora Vai!

Anônimo disse...

Óia a operação tapa-buraco, again. Todo ano eleitoral é a mesma coisa e os otários, ou eleitores se quiserem, caem sempre no mesmo truque. E não tem nem oposição para votar...

Aristide Bagual disse...

200 milhões só para tapar buracos e com asfalto de segunda, porque qualquer recapagem de 100 km não sai por menos de 150 milhões (fonte: DNIT)

Enganam os trouxas que não usam rodovias, mas coitados de nós que temos que viver viajando o ano inteiro.

Anônimo disse...

Esse governo não sabe nem o que é prioridade quanto mais emergência.Eles confundem com pronto socorro de hospital.