Balança comercial tem pior resultado até agosto dos últimos 18 anos

 A balança comercial brasileira registrou um déficit de 3,764 bilhões de dólares nos primeiros oito meses deste ano, ante superávit de 13,149 bilhões de dólares em igual período do ano passado, segundo notícia desta tarde do site www.veja.com.br Leia tudo:

. O resultado do ano até agosto é o pior para o período desde 1995, quando o acumulado dos primeiros oito meses foi um déficit de 4,127 bilhões de dólares.

. Segundo os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), as exportações no acumulado do ano somam 156,655 bilhões de dólares e as importações, 160,419 bilhões de dólares.

. Em agosto, a balança tem superávit de 1,226 bilhão de dólares, com exportações de 21,425 bilhões de dólares e importações de 20,199 bilhões de dólares. Apesar do dado positivo para o mês, esse foi o pior registrado para agosto desde 2002, quando houve superávit de 1,583 bilhão de dólares.

- O resultado ruim da balança comercial este ano é um dos principais fatores do elevado rombo nas contas externas do país. Em julho, no dado mais atualizado do Banco Central, a conta transações correntes do país registrou déficit de 9,018 bilhões de dólares, ampliando para 52,472 bilhões o saldo negativo em 2013.

4 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

Considerando 1995 o primeiro ano do Real, depois de quase uma década de hiperinflação!!

Resultado em linha com a desvalorização do Real que deve bater no final do ano em R$ 2,50 e depois buscar os R$ 2,70(1o.Sem 2014).

JulioK

Anônimo disse...

Com a atual gestão da economia, nossas reservas irão logo, logo se esgotar, porque estão sendo gastas para resolver consequências ao invés de atacar as causas. É o imediatismo esquerdalhopata que joga pra torcida. O pior é que o governo FHC fez todo o trabalho e não foi visto pelo povão, que votou nos gastadores. Vai acabar a poupança e entraremos em crise. A não ser que a prudência do povo brasileiro destitua essa mafia que está no poder. Mas não acredito nisso, só destituirão quando virem a casa cair. Aí, serão mais dez anos de conserto.

Anônimo disse...

Políbio, estão destruindo todos os fundamentos da Economia, que a duras penas foi conquistado em 8 anos, só abrirão os olhos, quando não tiver mais jeito, ai a lama engoliu o bambu e tchau.

Anônimo disse...

Deve ser mais uma marolinha do Lulao ..., ate que o barco comece a fazer água pra valer!