Raúl fica até 2018 e indica provável sucessor


O ditador de Cuba, Raúl Castro, 81, foi ratificado no poder por mais cinco anos ontem e anunciou que esse será seu último mandato em sessão da Assembleia Nacional que escolheu um novo número 2 para o governo, Miguel Díaz-Canel.

. Foi a primeira vez que se estipulou uma data -o novo mandato que acaba em 2018- para o fim da era Castro na ilha governada pela família desde a vitória da guerrilha em 1959. Foi também o discurso mais explícito até agora sobre a transição política em preparação.

2 comentários:

Anônimo disse...

Acho que o demo leva os irmãos antes desta data!!!

Anônimo disse...

Boa, Políbio!!

Você chamou Raúl Castro pelo título certo - Ditador.

Não dá para aceitar que certos jornais e sites o chamem de presidente.

Sds