Lei não prevê férias para governador, mas Tarso insiste em gozá-las na plenitude

Tarso Genro voltou a falar neste final de semana sobre o Mensalão. Foi numa entrevista para o jornal O Globo. Ele ainda insiste em evitar o nome verdadeiro do julgamento do STF, referindo-se a uma esotérica Ação 470, mas reconheceu que o PT abastardou-se.

. O governador ficou duas semanas hospedado no Leme, Rio, onde curtiu novas férias, embora governador não tenha direito a elas. Apesar disto, levou três seguranças, recebeu diárias e teve todo o passeio pago pelos cofres públicos.

. Tarso não se descuidou da forma física, como revelou Lauro Jardim, de Veja, que o flagrou numa academia do Leme, cercado de seguranças.

CLIQUE AQUI para ler a entrevista onde Tarso se entrega. Ele só não falou no dinheiro que o PT do RS recebeu do Mensalão, usado até para pagar despesas de sua própria campanha eleitoral.

4 comentários:

Anônimo disse...

Será que a tua queridinha nunca tirou férias enquanto estava no poder? absurdo!

Anônimo disse...

Anônimo das 16:46, não a "queridinha" do editor não podia tirar férias porque seu vice assumiria e, certamente faria o maior estrago, ou endireitaria aquele pseudo-governo de uma vez, mas na dúvida, sacumé, quem têm têm medo...

Anônimo disse...

Esse aí quanto mais longe melhor.

Luiz Vargas disse...

PeTralha cercado de seguranças?
Mas PeTralhas não são gente do povo, gente como a gente?
O embusteiro tran$ver$al adora aparatos e séquitos que a nobreza e a monarquia adoram e seu ídolo Stálin também adorava.