Ministério Público abre ação contra dono da Sud Metal por fraude fiscal

Presidente da Sud Metal, ex-Hahn Ferrabraz, o empresário gaúcho Renato Conil, já foi citado na ação movida pelo procurador Celso Três, que quer que ele devolva R$ 1 milhão que foram apropriados dos dos 2.600 trabalhadores. A Sud Metal enfrenta execuções fiscais que somam R$ 20 milhões.

. O procurador Celso Três é do Ministério Público Federal. Em Tubarão, SC, onde esteve até há pouco tempo, infernizou a vida da RBS com acusações de monopólio.

- Renato Conil é membro do Conselho Econômico e Social do governo Dilma Rousseff.

Na foto acima, o implacável procurador Celso Três.

2 comentários:

Anônimo disse...

esta empresa tem que ser interditada pelos órgão fiscalizadores competentes, eles não podem continuar sonegando impostos e não pagando fornecedores em geral, assim até eu compro empresas e enriqueço

Metalúrgicos disse...

Muito bom este procurador. Lamento que em um comentário anterior, um anônimo não percebeu que o tal Conill está roubando da Receita Federal, da Previdência, dos fornecedores e MUITO MAIS daqueles que esses patrões gostam de chamar de colaboradores. Estes são tratados como lixo nas fábricas desse meliante de colarinho branco. Excelente matéria.