Juiza gaúcha é protegida por três carros blindados. Ameaças partem de PMs, mas governo Tarso diz que não sabe de nada sobre isto no RS

A juíza da 2ª Vara do Júri de Porto Alegre, Elaine Maria Canto da Fonseca, e sua família, estão juradas de morte e vivem sob proteção nas 24 horas do dia. Uma das suspeitas é de que as ameaças partam de policiais militares da Brigada Militar, que vasculharam dados pessoais da juíza no sistema de consultas integradas, um grande banco de dados da área da Segurança Pública que armazena informações pessoais de todos os gaúchos. As ameaças à integridade de Elaine, na forma de ligações anônimas que apresentavam informações detalhadas sobre seus hábitos e os de seus familiares, se intensificaram a partir de fevereiro. Em março, os criminosos exigiam que todos os pedidos de relaxamento de prisão formalizados à 2ª Vara do Júri em um período de 10 dias fossem deferidos pela magistrada. Com isso, buscavam a liberação de uma ou mais pessoas sem que os beneficiados fossem identificados, já que outros suspeitos também seriam soltos naquele período. A magistrada se afastou da função naquele período e todos os pedidos foram analisados por outro juiz. Cada vez mais surgem informações de que a Brigada Militar gaúcha está minada pela criminalidade com formação de quadrilhas e grupos de extermínio.

13 comentários:

Anônimo disse...

PRA QUEM TRABALHA NA ÁREA, ISTO NÃO É NOVIDADE.

Aquiles disse...

Então, é o fim mesmo. Só resta ir embora para Santa Catarina ou Paraná.

Se a BM foi tomada de assalto pela criminalidade e pelas milícias, então ruiu o Estado de direito no RS definitivamente.

Os toscos gaúchos obtusos e ignorantes que votaram no lixo petralha comunista estão colhendo o que plantaram.

Anônimo disse...

Fui lá na fonte da tua informação para ver , e vi, o absurdo dessa informação. Qualquer um que tem acesso às notícias da imprensa "de verdade" da Capital sabe que o que copiaste e transcreveu tal qual, é bobagem tendenciosa (que novidade). Informe corretamente teus ingênuos seguidores...

Anônimo disse...

A insegurança dos cidadãos comuns e honestos é muito pior que a da juíza, porque não eles têm escolta e nem mesmo o direito de portar uma arma para se defender por a própria vida, quando ameaçados, perseguidos e atacados por criminosos.

Anônimo disse...

BATISTI ANDOU POR AQUI, SERÁ QUE DEU CURSINHO AOS PETRALHAS?

ÊLE FAZIA ISSO, ANTES DE TARSO PROTEGÊ-LO , ESCONDÊ-LO NO BRASIL.

Anônimo disse...

Tem que ver quem são os advogados que entraram com os pedidos naquele período, pois é certo que um deles está metido. Pedir para a OAB investigar. E mais, este preso deve ter sido há pouco tempo antes do pedido, pois ainda tem a esperança de ficar solto, é sinal que não entrou com outros pedidos antes. Tem que investigar o birgadiano que deu as informações e forçá-lo a identificar que pediu. É tranquilo, logo logo se descobre tudo. Aliás, quando a polícia quer descobre qualquer coisa, pois tem informantes em toda parte.

Anônimo disse...

Quando um criminoso ou seus comparsas começassem a intimidar o Poder Judiciário deveria se tornar norma passar o preso para um presídio bem longe, para ele perder contato (que tal o Amazonas). Assim, eles iam pensar duas vezes antes de fazer estas ameaças. Mas se ficar só na segurança dos juízes, eles não sofrem qualquer represália pelos atos macabros que cometem contra a Justiça e continuam. A sociedade deve respaldar represárias contra estes atos.

Anônimo disse...

nossa, no que esta se transformando o RS?

Medellin dos anos 80?

ou POA esta mais para aquelas cidades fronteiriças onde a lei praticamente nada vale...

Anônimo disse...

Deve ser com esses propósitos que o desgovernador do R(b)S decidiu, e a assembleia bovinamente aceitou, aparelhar ainda mais a BM !!!

Anônimo disse...

Mais cedo ou mais tarde isto iria acontecer com oa "mais iguais".

Anônimo disse...

fala-se do "sistema de consultas integradas, um grande banco de dados da área da Segurança Pública que armazena informações pessoais de todos os gaúchos", ?????? o que significa isto "de todos os gaúchos"??? significa que todos nós somos investigados?? não apenas os que tem problemas com a justiça? qual o objetivo disto?. Quer dizer que as previsões já se concretizaram, estamos em um estado policialesco e controlador. E o pior, nós que os escolhemos e pior ainda, pagamos a conta. Viva

Anônimo disse...

Qualquer policial tem acesso a este banco de dados.
A nossa vida pode ser bisbilhiotada por qualquer pé de chinelo que tenha acesso ao sistema.
Já aconteceu comigo.

Anônimo disse...

Agora que a porta tá arrombada, vão começar a se preocupar e moralizar essa prática corriqueira de saber tudo e de todos.

Agora a tranca vem !!!

E vem tarde.