Até ex-ministros faturam alto em conselhos de empresas estatais federais

- Companheiros e amigos do governo federal do PT e de Dilma Roussef, mesmo que não exerçam mais mandato, continuam enchendo o bolso de dinheiro, faturando alto em cima de jetons de conselhos de estatais. No RS, o caso mais conhecido é do ex-governador Alceu Collares, conselheiro de Itaipu Binacional, onde recebe R$ 19,5 mil por mês - há seis anos. 

Alvo da faxina promovida pela presidente Dilma Rousseff, o ex-ministro do Trabalho e Emprego Carlos Lupi (PDT) perdeu o cargo há quatro meses, mas manteve parte da renda salarial dos tempos de governo.
Mesmo depois de ser demitido pelo Planalto após denúncias de irregularidades no ministério, o presidente nacional do PDT continua desfrutando de pró-labore no valor de R$ 6.002 por participar de reuniões do Conselho de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Lupi não é o único caso de ex-ministro beneficiado com rendimentos extras após deixar a Esplanada dos Ministérios. Titular da Ciência e Tecnologia no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o vice-presidente do PSB, Roberto Amaral, ganha mais de R$ 25 mil por mês como conselheiro de duas estatais.

Além de participar do colegiado do BNDES, o ex-ministro integra o Conselho de Administração da Itaipu Binacional, considerado um dos conselhos de estatais mais disputados, com um jetom de R$ 19,4 mil.
Não bastasse turbinar os salários dos atuais ministros, os conselhos de empresas estatais e públicas também funcionam como cabide de emprego, e não só para antigos ocupantes da Esplanada.

O ex-governador e ex-deputado federal Alceu Collares (PDT), por exemplo, é contemplado pelo polpudo pró-labore do conselho de Itaipu Binacional. Mesmo privilégio tem o sindicalista e bancário João Vaccari Neto, secretário nacional de Finanças e Planejamento do PT.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Arthur Henrique, é outro que engorda seus vencimentos com o jetom pago pelo Conselho de Administração do BNDES. Ao lado de ex-ministros e sindicalistas, os conselhos de administração servem ainda para acomodar apadrinhados políticos. 
 
* As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

11 comentários:

Anônimo disse...

Faxina promovida pela Dilma???!!!
Ahahahhahahahha!!!!!

A própria Dilma embolsava mais de R$ 70.000,00 por mês, sugando o "conselho" da Petrobrás!!!!!!

E isso foi o que vazou! Imagina o que não vaza...

Os "conselhos são mais uma forma de roubalheira legalizada que a esquerdalha usa pra se locupletar.
A roubalheira legalizada através privilégios indecentes como os auxílios-moradia retroativos, as aposentadorias integrais, "indenizações", "consultorias", "conselhos", etc, é muito maior que a roubalheira ilegal.
E é simplesmente por isso que apesar do Estado extorquir quase a metade da renda nacional, não há dinheiro para a Saúde, para a Segurança Pública nem para tudo o mais que o Estado deveria fazer.
É também por isso que a esquerdalha sobe pelas paredes de raiva quando alguém privatizar e diminuir o tamanho do Estado.

Anônimo disse...

Alguém teria que ocupar esses cargos. Honrando o posto de sexto PIB do planeta, deveríamos, ao menos, nomear pessoas com comprovada experiência e capacidade intelectual.

Anônimo disse...

Bah, de novo babando em cima do ganho dos outros...

Anônimo disse...

É uma baita gangue de parasitas mesmo. E o povaréu bate palmas.

Anônimo disse...

Os caras ganham fortunas mensais e não tem condições morais, intelectuais e culturais nem de criar galinhas ou de plantar milho! Cada vez que falam algo caem os valores das ações das estatais na bolsa, pois os investidores vêem o calibre das antas governamentais! Não é por acaso que o preço dos combustíveis é o mais alto entre os grandes produtores mundiais, é só para pagar corrupção e a incompetência dos administradores. A presidente da Petrobrás jogou fora dezenas de milhões de reais em uma obra feita por pessoas cuja competência pessoal não lhes permite passar em concurso de gari por cotas! No PT são heróis!

Anônimo disse...

Que farra com dinheiro alheio, esses caras se trabalhaçem na iniciativa privada serião demitidos por incompetencia. edus

Anônimo disse...

Quanto a Dilma faturou na Petrobrás ? Alguém sabe informar ? Tenho curiosidade em saber !

Anônimo disse...

Polibio:

Imaginem os adidos culturais e políticos das embaixadas brasileiras no exterior quanto ganham para não fazer nada.

Anônimo disse...

Otário mesmo é o investidor que bota dinheiro nessas estatais de bosta, que não servem para absolutamente nada, a não ser administrar seus monopólios.

Dinheiro meu nenhuma dessas estatais, antro e covil de maracutaias, vai receber, por melhores que sejam os rendimentos. É uma questão de princípios : não vou emprestar meu dinheiro para esses ladrões !

Anônimo disse...

Quem quiser ganhar bem, pois que se eleja. De resto, é pura inveja.

Anônimo disse...

ATE O ÄLCEU DE DEUS COLLARES"?

NOSSA, ESTE SANTO PREOCUPADO COM CIDADANIA, DIREITOS HUMANOS,....