Opinião do editor - Ontem, morreram 1,7 mil e não 5 mil brasileiros por conta do vírus chinês. Saiba por que a imprensa mente descaradamente.

O papel sujo que joga a mídia tradicional brasileira, não se limita a mentir descaradamente em questões importantes relacionadas com o combate à pandemia, mas ganha expressão com outros dois movimentos mais sujos ainda, porque são traiçoeiros:

- Maximizar as informações ruins.
- Minimizar, esconder e até omitir informações boas.

O objetivo não é apenas alarmar a população de modo contínuo e crescente, mas também é engordar-se politicamente e engordar politicamente seus aliados despudorados, visando subjugar a população e derrubar o governo Bolsonaro.

O caso de hoje é particularmente escandaloso, porque nas últimas semanas a mídia tradicional e seus aliados, sobretudo os que estão na academia e nos governos estaduais, vinham alarmando a população com projeções cretinas a respeito do crescimento geométrico de mortes, que em poucos dias alcançariam a cifra diária de 5 mil mortos

É tudo mentira.

Ontem, o número de mortos chegou a 1.687 no Brasil, conforme dados no link a seguir (o link traz muito mais dados).

E tudo foi omitido nos noticiários e nas falas fantasiosas de hoje.

CLIQUE AQUI para examinar os números de ontem no Brasil.

30 comentários:

Anônimo disse...

Vamos ver se os números de hoje irá comentar o velhaco! Tu só comenta os nº de domingo e segunda, os outros dias tu esconde, velho fdp!

Anônimo disse...

E o Governo nada consegue fazer a respeito.

Anônimo disse...

Idiota

Anônimo disse...

IDIOTA

Anônimo disse...

Hoje encosta em 5000!! Por quê? Bolsonaro não providenciou vacinas aos brasileiros! Devia estar preso!! Aliás, não só JB, mas todos os presidentes de todos os países!!

Anônimo disse...

Terça é o dia do pico. Melhorará em Maio.

Anônimo disse...

Que bela educação!
Deve ser mais um esquerdopata...

Anônimo disse...

Desde que o STF proibiu o Presidente de agir na pandemia passando todas as ações aos governadores e prefeitos so vieram desgraças, O STF governadores de prefeitos so espalharam doença e a miséria sobre o povo.

Anônimo disse...

O anônimo das 14:25, deve de ser dono de uma FUNERÁRIA ! Só pode !
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

adilson disse...

Se são dois anos consecutivos.Mesma zerda e tudo acontece exatamente igual,só há uma explicação possivel.Todos querem q seja assim!Nós só somos bucha de canhão!Descartáveis!

Anônimo disse...

.
contentemo-nos, pois ninguém mais, no Brasil,
morre de câncer, AVC, cardiopatias, hepatopatia,
nem zonzeira, espinhela caída, unha encravada,
sequer de pereba, ou seja lá do que for.

Anônimo disse...

Se nada for feito podemos atingir cinco mil mortes diárias. Felizmente governadores e prefeitos tem feito muito para controlar a situação. Só quem quer alcançar estes números são seguidores de Bolsonaro, vibram com metro e ônibus cheios de trabalhadores pobres, de preferência sem mascara.

Gilmar de Mello disse...

Pior de tudo, são estes ditos socialistas, com sua educação e palvreados educados, esconderem-se no anonimato! Certo Sr. Anônimo?

Nercio disse...

De fato, não se pode comparar dados dos domingos com os demais dias. Ou compara com outros domingos. Ainda estamos longe de quedas significativas de mortes.

Anônimo disse...

Poderia ser por duas causas:
- Informações fraudulentas do número de mortes pelos agentes de saúde que recebem dinheiro do governo federal pelo atendimento a casos de Covid assim como as mortes;

- O desespero da esquerda abutre por causa da divulgação dos resultados do tratamento precoce na cidade de Chapecó, com ampla repercussão nacional e internacional. A esquerda busca deseseradamente formas de desativar essa bamba e uma delas é reduxir o número de morots e internações, o que ocorreu rapidamente, para beneficiar o lockdown no RS e São Paulo.

- Outro dia a Amanda Klein da CNN já deu pistas falando de coisas tão absurdas como "gráficos de mobilidade" (falou mas ninguém viu) em Chapecó para tentar desacreditar o prefeito.

Unknown disse...

Evidente que esses números de mortes estão sendo manipulados. Vários depoimentos indignados de parentes que tiveram seus mortos atestados erroneamente como morte por coronavírus. Ninguém mais morre de dengue, doenças cardíacas e câncer.

Anônimo disse...

A imprensa mente porque tem lado, Polibio...tem interesse, vai lá no Antagonista e leia o pau que estão metendo no governador de Santa Catarina, por ter usado helicóptero público para um trajeto de 27 quilômetros.
Mas de Doria, que usa helicóptero entre o Palácio e a casa dele, o que dá uns 15, 20 minutos de carro, nem uma palavra sobre! Ele teve helicóptero, ou avião, sei lá, até virar governador. Vendeu o que era dele e passou a usar o que é nosso. Até Campos do Jordão, onde tem casa, ou melhor, a Villa Doria, é assim muitas vezes, sabe como é, duas horas dentro de um carro achata a bunda de madame. Só em 2019 foram 435 deslocamentos, inclusive pessoais dele e de madame. é pouco ou quer mais?

Unknown disse...

Pq o editor publica comentários ofensivos a ele? Não é questão de publicar a opinião contrária pq essa gente não tem opinião contrária, tem é um repertório raivoso cheio ódio e ofensas. Odeio os zurros e óins óincs desse pessoal.

Anônimo disse...

Polibio, você espalha essas fake news a troco de quê? Dinheiro? Fanatismo político? Não tem vergonha não?

Anônimo disse...

Hoje foi menor que terça passada! menos de 4000 óbitos: https://epidemianobrasil.blogspot.com/2021/04/menor-que-terca-passada-menos-de-4000.html

Anônimo disse...

Vai te fuder chinelão

Anônimo disse...

HOJE, TERÇA-FEIRA, 13/04 O NÚMERO DE MORTOS É DE 3.808. SÓ VELHACOS MENTEM TÃO DESCARADAMENTE, SABENDO QUE NO FINAL DE SEMANA O NÚMERO É SEMPRE MENOR. LAMENTÁVEL A VELHACARIA DE POLÍBIO BRAGA.

Anônimo disse...

O problema mais uma vez é que o governo Bolsonaro não se comunica bem, e não consigo entender o motivo, já que tem ministro das comunicações, e outras secretarias que cuidam do assunto.

Anônimo disse...

Número de óbitos por covid volta a subir: 3.808 mortes nas últimas 24 horas:

13 abril, 2021 - DCM

A circulação do vírus incentivada pelo governo Bolsonaro preocupa o mundo. Periódicos internacionais apontam para os perigos da intensa circulação da covid-19 no Brasil

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 3.808 óbitos pela Covid-19, segundo os dados oficiais do Ministério da Saúde.

O número de mortos voltou a subir nesta terça-feira (13), sendo que ontem foram 1.480 e anteontem 1.803.

Com a atualização de hoje, o total de mortes provocadas pelo novo coronavírus atinge 358.425.

Desde o início da pandemia, foram registrados 13.599.994 casos.

Bigode disse...

Explica 50 milhões distribuídas e apenas metade aplicada?

Explica sermos mais eficientes do que a Europa na vacinação?

Explica sermos um dos poucos a fabricar ( fabricação própria)?

Anônimo disse...

Posta os números de hoje velho babaca!

Luís afonso disse...

Dia 13 foram 3804. Vamos ver ate onde o pico da semana vai chegar.

Anônimo disse...

.
a propósito do virusCHINÊS ou coronaCHINA, como queiram,
agora o mundo inteiro pode ter certeza de que
é o primeiro produto fabricado pelos xing-lings que tem
funcionado por tanto tempo.
sem dúvida, tudo (ou, agora, quase tudo) que É chinês, É chinfrim!

Anônimo disse...

.
diz e g.a.r.a.n.t.e a impoluta Sabedoria Popular que

quem mente, ROUBA.

quem mente descaradamente, R.O.U.B.A descaradamente !

Rodrigo disse...

Poe teu nome aí seu cuzao... anónimo é valente. Sua bixa filha da puta