Estados Unidos suspendem aplicações da vacina da Janssen (Johnson & Johnson)

 O CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) e a FDA (Food and Drug Administration, autoridade sanitária dos EUA) decidiram suspender a aplicação da vacina da Janssen (braço farmacêutico da Johnson & Johnson) nos Estados Unidos. O motivo é uma reação adversa rara em que a pessoa desenvolve coágulos de sangue. 

As agências afirmaram, hoje, que foram registrados 6 casos no país. Outras fontes asseguram que existem mais casos.

Em comunicado conjunto, o CDC e a FDA informaram que todos os casos ocorreram em mulheres com idades de 18 a 48 anos. Os sintomas começaram a aparecer de 6 a 13 dias depois da vacinação. As agências afirmam ainda que aparentemente essa é uma reação “extremamente rara“. Mas pediram que as pessoas que tenham tomado a vacina e não estão se sentindo bem procurem um médico.

CLIQUE AQUI para ler o comunicado, que está em inglês.

10 comentários:

Anônimo disse...

Vamos ficando com a coronavac, de tecnologia antiga. Essas tecnologias novas, Oxford e Johnson são tramboticas. E a Pfizer só para os ricos.

Anônimo disse...

Como a AstraZeneca.
Mas é um efeito colateral raríssimo.
Por que não divulgam os efeitos da DONOVAC?!
E não são tão raros. São bem frequentes!

Renato disse...

Provavelmente houve mias casos,não iam parar por meia duzia de pessoas,eles só divulgam o que pode ser divulgado. Quanto as vacinas usadas aqui no Brasil parece piada pois depois de receber as duas doses recomendads a pessoa aparentemente não esta imunizada pois deve usar mascara e seguir os protocolos de antes de tomar a vacina. Seria como uma pessoa toma a vacina da febre amarela pois vai viajar e ai o laboratorio vai e diz te vacinou agora tente não ir para locais onde há febre amarela . Felizmente a vacina da febre amarela para mim funcionou tomei duas doses quando viajava para locais onde havia febre amarela.

Anônimo disse...

Nunca antes na história do mundo uma vacina eficaz foi produzida em apenas 1 ano, a vacina que entrou mais rapida no mercado tinha sido produzida depois de 4 anos.A humanidade está sendo feita de ratos de laboratórios. O Tratamento Precoce não é mais seguro, mais barato e mais eficaz que qualquer vacina produzida contra o Coronavírus?

Juarez Fernando Miotto disse...

O CDC mantém um registro de reações adversas às vacinas, desde 1990. Há registros de reações graves e mortes para todas as vacinas COVID-19 que estão em uso nos EUA: Pfizer, Moderna e JJ.

Juarez Fernando Miotto disse...

O CDC mantém um registro de reações adversas às vacinas, desde 1990. Há registros de reações graves e mortes para todas as vacinas COVID-19 que estão em uso nos EUA: Pfizer, Moderna e JJ.

Anônimo disse...

Muito pior é o efeito da STFVAC.

Anônimo disse...

Vou repetir mais uma vez:Vacinas feitas nas coxas. Nemhuma deixa a pessoa totalmente imune.O que defende o.ser humano é um bom sistema imunológico. Pode ser alguém de 20 ou 80 anos. Se o organismo é fraco o vírus liquida. Mesmo que seja uma pessoa forte, faz academia mas se as defesas forem fracas já era.Este vírus veio pra provar cientificamente que no geral somos fracos. Até uma gripe nos mata.

Anônimo disse...

Assim como a REAL taxa de mortalidade da Covid...

Anônimo disse...

Não , não são tromboticas, os trombos são resultado de um ano com a bunda no sofá, ou, como queira, o que a ciência, ciência, ciência nos obrigou.