Servidores da educação de Porto Alegre decidem entrar em greve na próxima segunda-feira

A partir da próxima segunda-feira, servidores municipais da educação de Porto Alegre irão entrar em greve. 

A decisão, tomada após a assembleia geral do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), é uma resposta à posição da prefeitura, que optou pela retomada nesta quarta das aulas presenciais na Educação Infantil e nos primeiros e segundo anos do Ensino Fundamental.

31 comentários:

Anônimo disse...


Sim

Todos ao litoral ...

José Corrêa disse...

Nenhuma novidade!!!

Cortem os salários de todas e todos!!!

Anônimo disse...

Comunistas safados!!

A.C. disse...

Cambada de sanguessugas aproveitadores! Tomaram gosto pelo ócio mesmo!

Anônimo disse...

GRANDE MERDA.ELES NÃO DÃO AULA MESMO.

Anônimo disse...

Fazem o que bem entendem, e nada acontece com eles.

Anônimo disse...

Faturamento da indústria de alimentos cresce 12,8% em 2020

O faturamento da indústria de alimentos atingiu R$ 789,2 bilhões em 2020

https://diariodopoder.com.br/brasil-e-regioes/faturamento-da-industria-de-alimentos-cresce-128-em-2020

Unknown disse...

Não adianta, a preguiça é contagiosa.

Anônimo disse...

Ia comentar mas desisti.

Anônimo disse...

é só atraso essa area da deseducassão...

agradessam à tal estabilidade...

PJ disse...

Nesse ritmo irá faltar dinheiro para pagar o funcionalismo! Vamos começar a reduzir o salário !! Salário cheio e sem aula? Sonho de consumo

Anônimo disse...

Que pena que não é possível demitir todos os grevistas. Bando de vagabundos.

Anônimo disse...

Vanguarda do Atraso... Porto Alegre Leal e Valeria....

Anônimo disse...

O Corona vírus só pega funcionário público...

Anônimo disse...

E com toda a razão!!! A pandemia aumentando, hospitais lotados, longe ainda de ter vacinas pra todos e o Melo querendo que os professores arrisquem as suas vidas e a de seus familiares... não é o momento de reabrir escolas!!!

Anônimo disse...

>>

"Servidores da educação" umas pinóias!! São apenas terroristas que em busca de poder politico e votos nas próximas eleições, fazem de tudo pra atrapalhar o governo, nossas vidas e nosso futuro. O lulo-petismo é graduado e expert na tática do "quanto pior, melhor",

<<

anônimo disse...

É seu Melo! Achou que iria governar tranquilo né!
Agora vx vai sentir na pele o que o Mito vem sofrendo há 2 anos.
O Brasil está infestado pela doença do Esquerdismo!
O mal do Esquerdismo é muito mais nocivo à saúde da população do que qualquer peste chinesa!

Unknown disse...

Parcerias Publico Privadas já. Ensino público feito por escolas privadas. Mais eficiente e barato para os pagadores de impostos.

Eduardo disse...

EU TAMBEM VOU FAZER GREVE, NÃO VOU PAGAR IMPOSTOS ATE ACABAR COVID....TENHAM VERGONHA NA CARA SENHORES, O POVO TA SE VIRANDO DO AVESSO PRA PAGAR DEUS SALÁRIOS.

Anônimo disse...

E na Procergs, segue a farra? $$$$$$...

Anônimo disse...

VAGABUNDOS ! SUSPENDAM O PAGAMENTO !

Anônimo disse...

Esta é a "valorosa" turma "geração Paulo Freire" fazendo o que sabe melhor, ou seja, só o que sabe!

Anônimo disse...

Verdade! Eles fingem que dão aula, mas não dão. Resta ao prefeito fingir que paga, mas não paga.

Anônimo disse...

Cambada de vagabundos!

Bota todos eles prá rua Melo, imediatamente!

Anônimo disse...




Licitação, terceirização e privatização da educação, JÁ .

Eles mantêm governos e famílias como reféns ...

Anônimo disse...



Como todo funcionário em qualquer lugar do mundo :


1. Livro ponto com reconhecimento facial.

2. Vantagens somente com produtividade aferida de acordo com a meritocracia.



O resto que não se adequar ... ganha o básico vedada a promoção.


É isso.

Anônimo disse...

Antes de mais nada tem que dizer que eles JÁ NÃO ESTÃO TRABALHANDO !! Sobram relatos de alunos que, no ano passado, tiveram um único dia de aula remota por semana e ainda assim pra distribuição de inúmeros e extensos trabalhos de casa pra dar a falsa impressão de que o ritmo era intenso.
Em segundo lugar trata-se de uma categoria, tanto em nível Estadual quanto Municipal, de pelegos de sindicatos que são pelegos de partidos políticos os quais quando estão no poder reina o silêncio e a submissão.
O Brasil está tão dominado pelo corporativismo que se tornou praticamente impossível administrar contra os interesses dessas organizações. O Estado quebrado pelo inchaço da máquina pública, a iniciativa privada implorando pra poder abrir as portas e faturar pra não falir e, máxima incoerência, sustentar essa gente que só (raras exceções) quer mamar e receber o salário ao final do mês. Prefeitos e Governadores se tornaram meros diretores de RH, falta de tudo: estradas, segurança, saúde, educação, mas não, o salário é sagrado, o emprego é sagrado, intocável, imexível, aconteça o que acontecer, os funcionários públicos são semideuses que vivem num limbo entre a população e os cofres do governo, não se mede produtividade, não se avalia competência, desempenho, eficiência, assiduidade, nada, nada, é revoltante !
A pandemia está mostrando as entranhas da mente desse pessoal, nunca quiseram trabalhar e isso não tem nada a ver com vírus, nunca teve.
Já trabalhei em órgão estatal aí na capital e muitos anos com Prefeituras, visitem qualquer um em uma sexta-feira de tarde chuvosa. Os poucos que estiverem na repartição estarão ao redor de um mate e um balde de pipocas, 16 hs da tarde desafio encontrar almas vivas nesses lugares.
Uma máquina apodrecida e protegida, qualquer um que se levantar contra ela sofrerá um linchamento público.
Dias duros esperam o Prefeito Sebastião Melo.
Há um gatilho na Lei de Responsabilidade Fiscal via Decreto de Calamidade + extinção de cargos, aproveitem, já passou da hora de usar.

anônimo disse...

É isto! Enquanto que os trouxas ficam pagando Iptu, Ipva, impostos em geral, tá tranquilo pra esquerdalha chupim!
O negócio é viver na clandestinidade, comprar álcool direto da usina, não abastecer nos postos, já é um bom começo!

Anônimo disse...

Suspendam o pagamento dos vagabundos.

Anônimo disse...

Concordo com os Sevidores, devem entrar e, Greve por tempo indeterminado, o Prefeito pague com um Vaucher para os alunos estudarem onde quiserem, dinheiro fo Vaucher tirado da folha de pagamento fos salários dos Servidores. Mata dois Coelhos com uma cajadada, proteje os " Servidores" e os alunos voltam a Estudar.

Anônimo disse...

Falou em trabalhar!