Saiba quem paga o movimento "Vidas pretas importam"

 

15 comentários:

Murilo disse...

China tá comprando tudo , principalmente consciências venais.

Luiz disse...

Exatamente, sem novidades Políbio...!!!
Desde os anos 60 já haviam os Panteras Negras, Angela Davis, esta galera toda financiada por Grupos Marxistas...!!!
Só mudou o nome, o punho fechado e a violência são iguais...!!!

Anônimo disse...

Com o quê, então, o movimento dos negros é financiado pelos amarelos...interessante...aliás, misturando os dois, dá o quê?

Anônimo disse...

Nenhuma surpresa!!! Pior é ver a massa de manobra com o tema nas fotos do Facebook.

aparecido disse...

Não existe povo mais racista que chines... quem viveu lá diz isso... e patrocinam o cavalo de tróia nos paises inimigos...

Anônimo disse...



Mas provavelmente, as filantropias de fachadas, como por exemplo, a Open Society, fundações como Rockefellers, Ford estão por trás dos financiamentos dessas associações e ongs. A China não está vindo para o Ocidente espontaneamente, ela está sendo empurrada por eles. Observem que os fantoches daqui todos são pro China, nos EUA também tem os fantoches pro China e o Joe Biden mesmo é um. Isso é uma traição muito grande aos americanos, pois eles sempre usaram e abusaram do poderio bélico e econômico dos EUA e agora empurram a China para fazer os EUA se curvar. E a China não está sendo empurrada apenas para os EUA, mas para o mundo inteiro. Essas filantropias de fachada financiam os terroristas no mundo todo. O Brasil já passou por esse terrorismo nas décadas de 60 e 70 e foi por isso que os militares interviram porque eles estavam preparando para implantar o Comunismo no Brasil, e uma das razões do ódio deles pelos militares é porque os militares interromperam os planos deles por 21 anos.



Anônimo disse...

George Soros entre outros bilionários meta capitalistas que são aqueles caras que ganharam tanto dinheiro na vida com o capitalismo que agora querem o socialismo para ninguém mais alcançar eles.

Soros, Rockefeller, Rothschild entre outras famílias que são os chamados GLOBALISTAS, que financiam ONGs em todo o mundo, políticos, imprensa, grandes empresas.. é um verdadeiro teatro..

Anônimo disse...

Isoto mesmo os chineses estão comprando tudo , já compraram rede Bandeirantes, agora vão comprar rede TV, e sabe deus o que mais. Só quem não conhece e não negociam com Chineses, eles não são burros, são super espertos e não tem nenhum interesse no /brasil a nçao ser comprar proteina animal e minério de ferro desde que mais barato que em outros países, não existimos geograficamente para o capital chinês, que tem a mesma vertente dos Janpones quando sua ecomomia éra a grande ameaça americana. Mas tem uma coisa que o mercado determina.A moeda mais valorizada e disputada no mundo é dolar, e depois outro. Brasil não nem uma nem outra. Ponto final quem tem dolar compra o que quiser em qualeur lugar, nçao se preocupem Brasil está fora do radar chines. Só Polibio E Roberta Couto (TV Pampa) se preocupam com a China.

Anônimo disse...

Importam todas as vidas de 60.000 assassinados/ano por 14 anos de governo de esquerda o que totaliza 840.000 assassinados. Com todo o respeito, o que são
as vidas de algumas dúzias (nem todas santas) contrapondo com as vidas de 840.000 pessoas executadas friamente pelo crime organizado que casualmente é muito apoiado pelas esquerdas? A polícia não pode nem e entrar nos redutos do crime por determinação de "juízes" bolivarianos. É muita hipocrisia e desrespeito com esta multidão de assassinados que são considerados apenas como números e desprezados cinicamente pela esquerda. A direita erra muito quando não cobra os que se omitiram para estas 840.000 mortes criminosamente apoiadas pelos vermelhos, para os quais, só a Marielle e mais dois ou três é que importam.

Anônimo disse...

CADÊ OS JUMENTOS COMUNAS QUE PALPITAM AQUI?

FUGIRAM?
TÃO MUDOS?
FORAM DESMASCARADOS?

Eduardo disse...

DA TRISTEZA LER HOJE O QUE ESCREVERAM....TOTAL DESCONHECIMENTO DE CAUSA, MESMO BRIGANDO COM ALGUNS DURANTE A SEMANA AINDA É MELHOR.

Anônimo disse...

Antigamente quem queria dominar o mundo apenas enviava seus exércitos e tomava à força tudo que queria. Agora, depois do desenvolvimento das armas modernas com até bomba nuclear, quem quer invadir outro país, apenas pode usar o sistema de guerra assimétrica, onde a guerra é travada na internet, com mercenários invadindo as universidades e implantando professores treinados para destruir a moral e os bons costumes dos alunos, além de disseminar o uso das drogas. Aluno drogado e depravado nunca vai constituir uma família, ou seja, justamente o que os marxistas querem, Sem família se perde um dos pilares que sustentam o mundo conservador. O PCCh dessa vez está usando mercenários recrutados na própria população da país alvo, no caso pessoas desqualificadas que nunca poderiam vencer na vida com seu esforço e trabalho, então essas pessoas se vendem fácil e engrossam as fileiras do BLM, ANTIFAS e partidos esquerdistas de todos naipes.

adilson disse...

Na australia a instrumentalização de locais para interesses extrangeiros está em vias de criminalização contra a segurança nacional.Por ai é o caminho!Eu recordo q colaboração ativa c nações extrangeiras na epoca da guerra fria era considerado espionagem,traição em vários paises.O que acontece e como é tratada a questão na china?

Anônimo disse...

É óbvio que não é espontâneo, afinal, militonto não tem autorização para pensar e agir, somente seguir e cumprir ordens. Muitos ali não sabem o que estão fazendo ali, apenas receberam ordens para botar pra quebrar, simples assim.

ARS disse...

A imprensa marrom e os terroristas racistas só sobrevivem de propina mesmo.