Fracassa reunião de conciliação entre Dias Toffoli e chefes dos Poderes do RS

Em nova rodada de negociação, o governador Eduardo Leite e os demais chefes dos Poderes gaúchos se reuniram, na tarde desta segunda-feira, com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, em Brasília.

As conversações dizem respeito ao limite de gastos de todos os Poderes aprovado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Como ainda não foi possível chegar a um acordo, o ministro deu mais 15 dias para que os chefes de Poderes possam dar seguimento às negociações, quando haverá uma nova audiência de conciliação com a presença do presidente do STF. Caso o consenso não seja possível, Toffoli tomará uma decisão sobre o pedido do governo gaúcho para que a  Corte casse a liminar concedida pelo TJRS, que suspendeu a eficácia do ítem da LDO que trata do congelamento.

CLIQUE AQUI para saber muito mais sobre a reunião e a respeito das dimensões do problema orçamentário

22 comentários:

Anônimo disse...

vem cá hemmm... a escravidão não acabou ? Até quando o interesse publico vai ficar escravo e omisso aos ditos direitos dos servidores publicos ? Se não tem como pagar....demite poww... !

Anônimo disse...

Tetas ardentes.

Anônimo disse...

Por meio da plataforma FalaBR, é possível que qualquer cidadão solicite acesso a informações públicas, faça elogios ou reclamações, encaminhe sugestões, sugira ideias para desburocratizar o serviço público, faça solicitações ou registre denúncias.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2019-09/plataforma-falabr-vai-proteger-identidade-de-denunciantes

Anônimo disse...

Por meio da plataforma FalaBR, é possível que qualquer cidadão solicite acesso a informações públicas, faça elogios ou reclamações, encaminhe sugestões, sugira ideias para desburocratizar o serviço público, faça solicitações ou registre denúncias.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2019-09/plataforma-falabr-vai-proteger-identidade-de-denunciantes

Anônimo disse...

Por meio da plataforma FalaBR, é possível que qualquer cidadão solicite acesso a informações públicas, faça elogios ou reclamações, encaminhe sugestões, sugira ideias para desburocratizar o serviço público, faça solicitações ou registre denúncias.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2019-09/plataforma-falabr-vai-proteger-identidade-de-denunciantes

Anônimo disse...

pois eh, se não tem dinheiro no tesouro (para pagar salários de servidores, manter os serviços de educação, saúde e seguranca) CORTA os incentivos do/as empresários. ... simples assim... kkkk

Anônimo disse...

pois eh, se não tem recurso financeiros no tesouro estadual (para pagar os salários dos servidores e manter os servicos de educação, saúde e seguranca) então CORTA o incentivo do/as empresario/as .... kkkk

Anônimo disse...

pois eh, se não tem recurso financeiros no tesouro estadual (para pagar os salários dos servidores e manter os servicos de educação, saúde e seguranca) então CORTA o incentivo do/as empresario/as .... kkkk

Anônimo disse...

O Rio Grande do Sul é o estado onde o parasitismo corporativo é mais insaciável no Brasil.
Não dava pra esperar algum resultado de uma proposta de amenização no parasitismo.

Anônimo disse...

Chegamos ao ponto do rabo comandar o cachorro. Um grupo de funcionários públicos não quer perder os privilégios. Não querem saber que o Estado quebrou a muito tempo. Está mais que na hora do Judiciário e o Legislativo entenderem que estão no mesmo barco.

Anônimo disse...

Alguém tinha dúvida disso? Uma negóciacao solicitada por Eduardo Leite só poderia resultar em fracasso tal como seu governo.

Anônimo disse...

Tá na hora dessa corja parar de usar os "poderes" em benefício próprio e do judiciário usar a própria justiça para aumentar a enorme quantidade de mordomias. O STF deve ater-se a análise dos pleitos e não ficar tentando forçar governadores a tirar dinheiro dos cofres públicos para custear essas mordomias. Enquanto isso, os milhares e milhares de processos e pedidos que aportam no STF são desprezados e permanecem aguardando por muitos anos a prestação jurisdicional dessa justiça cega e desigual.

Anônimo disse...

Ao anônimo de 17 de setembro de 2019 07:20

Quem está brigando por este aumento são os poderes Judiciário e Legislativo.
Os funcionários do executivo estão sem aumentos há mais de 4 anos.
Leia bem antes de colocar todo mundo num saco de gatos.
O executivo encaminho a LDO de 2020 não prevendo aumento de salário para ninguém. Os príncipes do Judiciário e do Legislativo (CASUALMENTE OS QUE DETÉM OS MAIORES SALÁRIOS DO FUNCIONALISMO) não estão aceitando.

Professores, pessoal da área de saúde, entre outros, estão sem aumento há mais de 4 anos.

Anônimo disse...

"nova rodada de negociação"

Dispensa comentários....

Anônimo disse...

Negociações?
Coitado do cofre público.

Anônimo disse...

A gestão orçamentária é do poder executivo, e cabe ao poder legislativo aprovar.

Não cabe ao poder judiciário se intrometer nos assuntos de competência do poder executivo e legislativo.

Onde que fica a independência dos poderes ou a harmonia entre eles?

Anônimo disse...

É só o executivo enviar para o legislativo um projeto de Lei reduzindo o repasse do percentual orçamentário para o judiciário, e fim de papo!
Virou Lei, é lei!! Não precisa dessa balela política desnecessária.

Anônimo disse...

Intervenção militar urgente!!!
Só os militares na causa.

Anônimo disse...

Balcão de negócios com dinheiro público.
Perderam totalmente a compostura.

Anônimo disse...

Estão negociando o veredicto? Pode isso?

Anônimo disse...

O RS está tão quebrado assim?
Quem quebrou o Estado?
Ninguém responde por nada?
Enquanto os políticos corruptos não fores presos de verdade e em cadeia comum, a roubalheira e o endividamento só aumentará.
Responsabilização? Onde tá a responsabilização??
Militares, que mais falta pro ceis agir?

Anônimo disse...


LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE
LULA: "eu mentia mesmo, falava números que não existiam..."!
https://www.youtube.com/watch?v=M5bOtqmvJHE