Opinião do editor - Bolsonaro só tem uma bala de prata para indicar o novo chefe da PGR

O nome do novo chefe da PGR, aquele que substituirá Raquel Dodge, tgerá que ser homologado pelo Senado, ficará dois anos no cargo sem poder ser substituído.

A escolha de Bolsonaro terá que ser feita com bala de prata. Ele não pode errar porque o cargo será estratégico para que as mudanças que propõe não sejam atropeladas pela PGR.

O futuro procurador-geral deve ser provocado sobre temas como desarmamento, direitos humanos, meio ambiente, novos limites para a atuação das forças de segurança e as reformas da Previdência e Tributária.

Nos próximos dois anos, o PGR também vai decidir se o modelo de força-tarefa para combater a corrupção será mantido e que poder esses procuradores terão daqui em diante.

11 comentários:

Anônimo disse...

Exatamente.

Anônimo disse...

Deltan Dallagnol

Anônimo disse...

DELTAN É O NOME!

ESSES OUTROS, ATÉ AGORA SE MOSTRAM DE ESQUERDA, DE CENTRO, DE CENTRO ESQUERDA, NÃO SENDO CONSERVADORES.

Anônimo disse...

O fato é que votei no Bolsonaro contra o PT, votarei novamente se for contra o PT. Mas não aprovo o comportamento e nem as tolices de Bolsonaro, nem filho embaixador, nem ministros como Damares. A obsessão por 1964, as palavras toscas, se em 2022 surgir outro candidato de direita mais equilibrado terá o meu voto.

Anônimo disse...

Se indicar Aras, ou outro esquerdalha corrupto, cria de Tofoli e GM, é pq já se bandiou de vez com os bandidos.

Anônimo disse...



- AS REFORMAS ESTÃO PASSANDO POR CONTA DAS EMENDAS PARLAMENTARES QUE DISTRIBUEM BILHÕES DE REAIS PARA O CONGRESSO;

- A ECONOMIA BRASILEIRA ESTÁ COM ALTÍSSIMO ÍNDICE DE DESEMPREGO, DÉFICIT CRESCENTE NOS MUNICÍPIOS, ESTADOS E NA PRÓPRIA UNIÃO;

- ECONOMIA EM RECESSÃO BRUTAL

- DESINDUSTRIALIZAÇÃO

- PIB PÍFIO


Aí não tem PGR que aguente. Pode colocar um prêmio Nobel lá que não vai ser isso que vai ajudar o governo!

Anônimo disse...

Para combater a Corrupção na Lava Jato não será a PGR que vai decidir e sim o povo. E já está decidido, ninguém mexe na autonomia da Lava Jato. Queremos Justiça a qualquer custo. A Corrupção destruiu a Educação, a Saúde e a Segurança de todos os brasileiros. Alguma dúvida a esse respeito?

Anônimo disse...

No mínimo o DALLAGNOL

Anônimo disse...

na real Jair só quer alguém que não prenda o filho dele

Anônimo disse...

Quanto mais a carroça sacode,mais as melancias se acomodam.Na medida do possível,manter o esquema como segurar o genro do angorá,por exemplo.Entregar a economia para um dos financiadores dos PTralhas é outro exemplo de continuismo e mesmice.Quem determina são os banqueiros globalistas.O executivo e todos seus satélites cumprem uma agenda global,e o que é mostrado para o público serve apenas como distração.
Fomos traídos.O discurso de antes da eleição era um,as ações depois passaram a ser reveladoras no sentido de manter as coisas como estão.O tensionamento do tecido social, é feito assim.Antes da ruPTura,quando está saindo do controle,aí aparece um salvador da pátria capaz de engambelar toda uma nação.Como já aconteceu e vai acontecer de novo.A elite globalista nunca vai deixar o Brasil ser uma potencia.Vai mante-lo na condição de colonia até que de fato apareça um colhudo com cabelos no peito que dê um basta nessa exploração.Nessa roubalheira.
Fomos todos enganados.Esperem e verão.

Anônimo disse...

Sr. Editor.
Na cabecinha fraca do Bolsonaro ele acha que se nomear o chefe da PGR é Bolsonaro quem manda.
Já mandou e desmandou com o Moro. Só que Moro é Ministro, seu subordinado.