Brasil está preparado para enfrentar crise econômica argentina


No RS, Bolsonaro disse que balseiros argentinos  poderão vir ao Brasil, caso vença Kirschner. Ao lado, ilustração bem humorada sobre balseiros que atravessaram o rio da Prata.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, avaliou nesta segunda-feira o mercado como "desafiador" devido à volatilidade do câmbio (o peso desvalorizou 25% em um só dia) causado pelo resultado das prévias eleitorais na Argentina, em que o atual presidente, o liberal Maurício Macri, teve desempenho abaixo do esperado pelo mercado. Campos Neto ponderou, contudo, que o Brasil vive uma situação distinta do país vizinho.

- Hoje é um dia desafiador. Temos a Argentina subindo juros e vendendo moeda no mercado, mas achamos que o Brasil está preparado. O CDS (Credit Default Swap, espécie de seguro contra inadimplência de um país) já corrobora com um upgrade da nota do Brasil 

Campos Neto aproveitou para reforçar que as previsões de inflação do Brasil estão ancoradas com as expectativas do mercado, a taxa de juros Selic, em 6%, está no menor patamar da história. Com a aprovação da reforma da Previdência, o Brasil deve ter uma melhoria na nota do país pelas agências internacionais de avaliação do risco do crédito.

35 comentários:

Anônimo disse...

Era só o que faltava, os venezuelanos invadindo por cima e os argentinos por baixo.

Anônimo disse...

“ O POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE! ”

Anônimo disse...

Mesma receita de bolo venezuelana. Massacram o povo, oprimem e empurram para fora da fronteira.
E mais do que isso, parece o mesmo caminho que estão usando na Africa, e os fugidos tem que se aventurar no mar até que algum país os receba.
Essa elite governamental satanista são a escória da humanidade, e quem padece é o povo refém desses planos macabros. E pior que dá certo, os planos seguem em frente sem nenhum ato de rebeldia.

Anônimo disse...

O mito fez besteira ao apoiar o Maurício de modo a se tornar cabo eleitoral da Cristina. E do jeito que está, vai acabar sendo o maior cabo eleitoral do Lulaladrão na eleição de 2022.

Anônimo disse...

Essa anta só fala merd@.
O Brasil tem é que resolver A SUA SITUAÇÃO DE CRISE E DESEMPREGO.

Anônimo disse...

Bolsonaro defecando pela boca talkey.

Anônimo disse...

Leva pra tua casa Bolsonaro.

Anônimo disse...

Mirando-se na estratégia esquerdista do Maduro, que está mesmo é deliberadamente se livrando do seu povo ao força-los a debandarem para os países com os quais a Venezuela faz fronteira, deixando assim para os outros governos a problemática de resolver as suas asnices e incompetências, parte agora a Argentina para adotar a mesma estratégia na América do Sul, visando, é claro, esculhambar as economias, principalmente, do Uruguai e Chile, enquanto, vai assim, barrigando feito o sabido comunista Maduro, que viu ser melhor viver às custas dos outros !

Anônimo disse...

O presidente voltou a falar em coco de índio... A fixaçào anal que ele eo guru tem pelo ânus é comprometedora. Eles deviam sair logo do armário... sao uns enrustidos.

Anônimo disse...

As empresas brasileiras com investimentos na Argentina deveriam refletir sobre a provável vitória do kirchnerismo e retirar seus investimentos daquele país!

Anônimo disse...

A pergunta é se o RS está preparado, imagina um estado falido invadido por um exército de famintos, vai juntar a fome com a vontade de comer.

José Corrêa disse...

Os argentinos tem fixação pelo desastre!!!

Anônimo disse...

URGE, mais do que nunca, abandonar o Merdosul e partir para acordos bilaterais de livre comércio com países civilizados. Quanto mais tempo o Brasil adiar, maior será o prejuízo que terá que absorver. Não dá para fazer acordos com republiquetas latino americanas, qualquer uma pode virar uma cuba de uma hora para outra.

Anônimo disse...

Besteira! Se eles perderem a estabilidade nós estamos ferrados. A Argentina é o nosso terceiro maior parceiro comercial. A primeira coisa que acontece é calote de pagamento as indústrias estrangeiras. Tomara que a Argentina fique firme aconteça o que acontecer nas eleições. O Problema da falta de estabilidade é esse, a política afeta a economia fortemente. E não é só na Argentina, por aqui também, fica esse nela cueca da direita com a esquerda e a economia nesse cabo de guerra. O interessante é que economias mais sólidas funcionam sem essa interferência toda

Anônimo disse...

Do Macri? Sim pq quem governa a Argentina até Dezembro de 2019 é ele...

Anônimo disse...

O mercado, os empresários os famosos de direita diziam horreres do PT, quando lula ganhou a eleição pela primeira vez.

Mercado: A bolsa sucumbui, mas depois voltou ao normal;

Empresários: Diziam que iam sair do Brasil, ficaram e ganharam muito dinheiro pq o PT incentiva a Industria Nacional....

Famosos de direita: Diziam que iam se mudar para o Brasil pq os cumunistas ganharam a eleição, ficaram e se calaram....

Mesmo assim, não é o caso da Argentina pois os os Kirschner já governaram o pais mais de uma vez, portanto os Argentinos sabem em quem vão votar e quem realmente quebrou a Argentina foram Menen e agora, Macri que seguiu toda a cartilha do mercado e acabou pedindo esmprestimo para o FMI.

Anônimo disse...

O Brasil tem é que se praparar pera enfentar a Recessão técnica que entrou, conforme foi noticiado no dia de hoje.....

'Prévia' do PIB do Banco Central recua 0,13% no 2º trimestre e indica início de 'recessão técnica':

Chamada 'recessão técnica' acontece quando há dois trimestres seguidos de queda no nível de atividade. Resultado oficial do PIB no 2º trimestre será divulgado pelo IBGE em 29 de agosto.

G1 — 12/08/2019

A economia brasileira registrou retração de 0,13% no segundo trimestre de 2019, segundo o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), uma espécie de "prévia" do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado pelo Banco Central (BC) nesta segunda-feira (12).

O recuo de 0,13% entre abril e junho deste ano foi verificado na comparação com o primeiro trimestre de 2019. O número foi calculado após ajuste sazonal, uma "compensação" para comparar períodos diferentes de um ano.

Como o nível de atividade já havia recuado 0,2% nos três primeiros meses deste ano, contra o último trimestre do ano passado, a economia brasileira pode ter entrado em uma "recessão técnica" – que se caracteriza por dois trimestres seguidos de tombo do PIB. ...

Anônimo disse...

Moro instruiu Lava Jato a não apreender celulares de Eduardo Cunha, mostram diálogos:

12 ago 2019

247 - O então juiz Sérgio Moro convenceu os procuradores da Lava Jato a não pedir a apreensão de telefones celulares usados pelo então presidente da Câmara, Eduardo Cunhya, na véspera de sua prisão, em 2016.

É o que mostram mensagens divulgadas nesta segunda-feira, 12, pelo site Buzzfeed Brasil, em parceria com The Intercept Brasil.

Segundo a reportagem do Buzzfeed, os diálogos entre o então juiz e o chefe dos investigadores ocorreram no dia 18 de outubro de 2016.

No dia 18 de outubro de 2016, um dia antes da prisão de Cunha, o chefe da força-tarefa, Deltan Dallagnol, mandou mensagens ao então juiz.

• 11:45:25 Deltan: Um assunto mais urgente é sobre a prisão
• 11:45:45 Deltan: Falaremos disso amanhã tarde
• 11:46:44 Deltan: Mas amanhã não é a prisão?
• 11:46:51 Deltan: Creio que PF está programando
• 11:46:59 Deltan: Queríamos falar sobre apreensão dos celulares
• 11:47:03 [Moro]: Parece que sim.
• 11:47:07 Deltan: Consideramos importante
• 11:47:13 Deltan: Teríamos que pedir hoje
Após ouvir as ponderações do procurador, Moro responde o seguinte:

• 11:47:15 [Moro:] Acho que não é uma boa
Apesar da resposta, Deltan insiste e tenta agendar uma reunião com Moro para tratar do assunto:

• 11:47:27 Deltan: Mas gostaríamos de explicar razões
• 11:47:56 Deltan: Há alguns outros assuntos, mas este é o mais urgente
• 11:48:02 [Moro]: bem eu fico aqui até 1230, depois volto às 1400.
• 11:48:49 Deltan: Ok. Tentarei ir antes de 12.30, mas confirmo em seguida de consigo sair até 12h para chegar até 12.15
• 12:05:02 Deltan: Indo
Não há, nos diálogos, registros do que foi discutido na reunião presencial entre eles. Porém, pouco depois, às 14h16, Deltan envia nova mensagem a Moro dizendo que, após conversar com procuradores e ao levar em consideração o que foi dito pelo então juiz, a força-tarefa desistiu de pedir a apreensão dos celulares.

• 14:16:39 Deltan: Cnversamos [Conversamos] aqui e entendemos que não é caso de pedir os celulares, pelos riscos, com base em suas ponderações
E Moro respondeu:

• 14:21:29 [Moro]: Ok tb

Anônimo disse...

É o resultado do Fiasco Macri! Prometeu muito e entregou pouco! Resultado prático: vai tomar um pezaço na bunda na eleição de outubro!!!

Anônimo disse...



https://www.youtube.com/watch?v=3yxiShv9Ino
https://www.youtube.com/watch?v=O6GE_wRFaRw
https://www.youtube.com/watch?v=_V2eQpIcyRA
https://www.youtube.com/watch?v=0eKIMgNk3OY
https://www.youtube.com/watch?v=NTD8rHBzRBI

Anônimo disse...

Se o Bolsonaro não substituir o banqueiro Guedes por alguém que mude a política econômica de expropriação do setor privado para o financeiro, em breve estaremos na mesma situação da Argentina.

Anônimo disse...

Carolina Bahia fala que Bolsonaro faz palanque da BR-116.Quando lula e Dilma subiam em palanque para inaugurar obra inacabada e inexistente,ninguém falava nada.O PT inventava obras para ter vitrine.Tudo pilantragem da quadrilha.A RBS sempre foi atacada pelos petistas, e para puxar o saco da quadrilha a RBS se junta a eles,assim como a Globo.

Anônimo disse...

A "deprimida" Argentina, que desde o aparecimento do ditador Domingos Peron, se acostumou com o estado provedor das necessidades da população,agora vem novamente enveredar pelo mesmo caminho, ou seja, o empobrecimento brutal da população do pais, não será resolvida pelo trabalho, mas sim pelo populismo caridoso e desestabilizador da economia nacional.
Vão sustentar a massa crescente de miseráveis, com o que? Com socialismo? Tirarão dos que ainda possuem alguma coisa, para dar aos que nada possuem?
A Argentina sempre viveu entre o peronismo e o militarismo, acho que se a esquerda voltar, o pau vai quebrar, novamente os militares serão chamados a intervir. Lá como cá, quando a situação "descamba", é lícito o pais se socorrer com as suas forças armadas, até porque é uma das funções dos militares, não deixar o pais se degradar totalmente.
Aqui fomos mais espertos, entregamos a eles, o poder pelo voto.Lá, não sei como vai ser.


Ass:SACANÉSIO

Anônimo disse...

Bolsonaro precisa fazer um bom governo para o PT não nos destruir a partir de 2022. Alguém precisa convencer Bolsonaro a parar de falar idiotices, a se comportar com decoro, a esquecer 1964 e torturadores, a não dar tiro no pé todo santo dia. Não brigar com França e Alemanha, largar dessa idiotice de filho embaixador...Só vejo o PT ganhando eleição de 2022 por causa de Bolsonaro boquirroto. Deus nos proteja.

Anônimo disse...

Não acredito que chegue a ponto de virar venezuela, porquê a Argentina tem economia mais diversificada. No entanto, que a Argentina vai para o fundo do poço, isso vai.

Anônimo disse...

URGE, mais do que nunca, declarar independência do brazil e pegar dicas do Trump de como construir muros ao longo dos rios Uruguai e Mampituba.

As duas maiores fontes de comunismo estariam neutralizadas no RS.

Anônimo disse...

>>

Como no Brasil e Venezuela, a esquerdalha quebrou a Argentina.

Macri foi eleito com a esperança de melhoras. Mas não teve tempo, não conseguiu.

Em consequência, o povão otário e imediatista reelege a esquerdalha corrupta, mediocre e incompetente que tinha arrebentado com a economia do país, com a ilusão idiota de que as coisas irão melhorar. Isso é de uma estupidez impressionante, mas infelizmente é assim que funciona.

Moral da história: Se Bolsonaro não conseguir melhorar a vida do brasileiro, se ele não conseguir reduzir de forma significativa o desemprego, em 2022 volta ao poder a sofisticada ORCRIM lulopetista e pior, com Lula, e eleito no primeiro turno!

<<

Ariel disse...

O povo argentino que tome suas decisões! povo por povo, somos, historicamente, irmãos; muito mais do que com venezuelanos....Uruguai e Argentina são assim mesmo.....e, nem por isso deixaremos de ser amigos...

Anônimo disse...

Pior é que vai por aí mesmo.
O cara falou que entendia de economia (igual ao Piquet entende de carro)...mas está se mostrando mais um "navalha" ou domingueiro!

Anônimo disse...

Sim o RS está preparado.

Anônimo disse...

Acho que os hermanos já "olvidaram" que na época da Cristina faltava até papel higiênico... Era o socialismo chegando com toda a sua formosura.

Anônimo disse...

Llegan al Uruguay los primeros balseros argentinos... show demais! Tô rindo muito aqui... 😄

Anônimo disse...

Deixa de ser cagao

Anônimo disse...

Com toda sua formosura muito bom

Anônimo disse...

Norte e sul do continente: um plano da organização de esquerda Foro de São Paulo (ou de Havana).