Bolsonaro avisou que chamará a imprensa para mostrar o extrato do seu cartão corporativo

O presidente Jair Bolsonaro convidou jornalistas para o acompanharem até a Caixa, amanhã a tarde, para retirar e mostrar os gastos do seu cartão corporativo, relativamente ao primeiro semestre.

"Espero que façam comparações e divulguem tudo", disse o presidente.

Bolsonaro fez o convite durante coletiva que concedeu neste domingo.

24 comentários:

Anônimo disse...

O que elogio no governo Bolsonaro é a redução da corrupção e o combate ao crime. O que crítico é a falta de moderação na linguagem, o uso de expressões xulentas, apologia a 1964. E certos ministros destrambelhados. Melhore esse governo ou veremos a corja do PT de volta em 2022.

Anônimo disse...

Aproveite a coletiva e explique o ataque a Deltran,o comparando a político do PSOL.

Anônimo disse...

A notícia que será positiva em favor do Bolsonaro, certamente terá pouco ou nenhum destaque como vem acontecendo.

Anônimo disse...

Mostra o da dilma e do lula também.
Se não houver comparação, de nada servirá mostrar o dele.
Afinal são gastos públicos, e não só podem como devem ser transparentes ao contribuinte.

Anônimo disse...

Romário fazendo escola!!!kkkkk

Anônimo disse...

A declaração foi de manhã, já são 16:00 hs o bozo já chamou a imprensa para mostrar o extrato do cartão corporativo?

Anônimo disse...

Anônimo 14:47 o cartão do Lula não é pouca bosta! Pelo tamanho e peso,ele só pode ser carregado por caminhão baú DOS GRANDES, como um daqueles nove caminhões que ele levou carregados, lotados do palácio para depositar cofres do Banco do Brasil em São Paulo! Para saber o valor dos cartões eles não descobriram os valores do cartão da Ruth Cardoso??? Estão esperando o que para revelar os valores, ordens do Lula, da Dilma ou do Bolsonaro???

Anônimo disse...

Redução da Corrupção, anonimo das 13:35?

E o caso do Laranjal do PSL - Partido do Suco de Laranjal do bozo que mantém no Cargo o Ministro do Turismo, denunciado por uma Deputada Federal do próprio PSL (não oposição e nem o MPF).

E o caso Queiros, motorista do Senador Flavio Bolsonaro, filho do Bozo? Aquele da rachadinha e que emprestou 24 mil para a primeira dama?

Agora estouro o escandalo de estaipu, no Brasil ninguém noticiou, mas no Paraguai virou CPI e o Presidente e Vice correm risco de serem cassados.

Anônimo disse...

Mito pederasta enrustido.

Anônimo disse...

Mito pederasta enrustido.

Anônimo disse...

Mito pederasta enrustido.

Anônimo disse...

E a farra dos ex-presidentes com o cartão corporativo continua?
Vergonhosamente Lula/Dilma que deixaram 207 milhões na M...tem o direito de gastar ilimitadamente.
Em 2018 quando o maior ladrão da história, que está preso em Curitiba, no governo Temer:
"A Presidência da República ainda não sabe o que fazer com as prerrogativas de ex-presidente de Lula, agora que sua prisão foi decretada. As regalias incluem dois carros oficiais, auxílio-moradia, oito assessores, segurança pessoal e uso ilimitado de cartão corporativo. A Secretaria de Comunicação informou que a consulta, encaminhada à área jurídica do Planalto, somente será respondida segunda-feira (9). A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os privilégios de Lula custam mais de R$ 1 milhão por ano. Ele também tem direito a passagens aéreas e até a assistência à saúde.

O maior gasto de um ex-presidente em um só ano, sem surpresa, é o de Dilma Rousseff (PT) em 2017: mais de R$1,4 milhão."

https://diariodopoder.com.br/planalto-ainda-nao-sabe-se-vai-manter-regalias-do-ex-presidente-lula/

Anônimo disse...

E da Rosemary Noronha, amiga íntima de Lula?
"Continuam sob sigilo total os gastos com cartão corporativo de Rosemary Noronha, ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo e amiga íntima do ex-presidente Lula. O Superior Tribunal de Justiça manteve o sigilo dos gastos do cartão de Rose a partir de 2011, mas o Planalto e a Controladoria-Geral da União não se pronunciaram sobre os gastos anteriores, durante os governos Lula. Ela foi acusada de tráfico de influência, corrupção e outros crimes. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder. Após ignorar a Lei de Acesso à Informação, o Planalto alegou que os gastos de Rose são caso de “segurança da sociedade e do Estado”. A suspeita da PF é que a amiga de Lula levava vida de madame, com uso do cartão corporativo inclusive para despesas pessoais. Entre 2003, quando Lula assumiu, e 2016, quando Dilma caiu, o gasto com cartões foi de mais de R$707 milhões (R$78,6 milhões por ano)..."

https://diariodopoder.com.br/tag/rosemary-noronha/
https://diariodopoder.com.br/ainda-sao-secretos-gastos-de-amiga-intima-de-lula-com-cartao-c

Anônimo disse...

Sem falar no episódio das malas diplomáticas nas viagens internacionais que faziam.

Anônimo disse...

A gastança dessa nobreza de políticos é um disparate, e o trabalhador que sustenta tudo ganhando uma miséria no fim do mês.

Anônimo disse...

Quando Lula era Presidente ele proibiu que qualquer pessoa informasse o valor gasto com o Cartão Corporativo. Era a farra com o dinheiro público. Por isso o #ele/não. Ao contrário, Bolsonaro quer seriedade com o dinheiro público. Só assim teremos um país desenvolvido. Brasil acima de tudo / Deus acima de todos!

Anônimo disse...

Chega de mimimi gados bolsominions, afinal quanto o o bozo gastou com o cartão corporativo em 7 meses de govenro. Do Lula e da Dilma parace que vcs descobriram ligeirinho (ou inventaram) mas do bozo acochambram?

Mardição disse...

A imprensa precisa parar de agir como se tivesse cérebro de sapo e ver bicho em tudo.

Anônimo disse...

12 de agosto de 2019 16:09

Quem sabe puxe a caravana, faça suas malas e vá com Deus a Argentina te espera com os braços abertos.

Anônimo disse...

Imbecil revoltado .

Anônimo disse...

Exatamente

Anônimo disse...

Chora vermelho....

Anônimo disse...

Uma vergonha ...

Anônimo disse...

E tem gente que acredita.