França ameaça o Brasil com bombas atômicas, diz general Villas Bôas


O ex-comandante do Exército brasileiro e assessor do GSI (Gabinete de Segurança Institucional do Palácio do Planalto), general Eduardo Villas Bôas, afirmou ontem que a convocação de reunião da cúpula do G7 para discutir desmatamento e queimadas na Amazônia, feita pelo presidente francês Emmanuel Macron, é uma ameaça à “soberania nacional” brasileira. 

Villas Bôas também disse que Macron usa produtos nucleares para ameaçar o país.

Por meio de sua conta do Twitter, o general defendeu que a França não tem“autoridade moral” para tratar de temas a respeito do Brasil. E exemplifica por testes nucleares feitos pelo país no último século.

Ele lembra:

- Trata-se da mesma França que de 1966 até 1996, a despeito dos reclamos mundiais, realizou 193 testes nucleares […] a índices de radiação 500 vezes maiores que o máximo recomendado por agências internacionais”. Os desabitados atóis de Mururoa e Fangataufa esconderem, até hoje, 3.200 toneladas de material radioativo de diferentes tipos, produtos das explosões nucleares do exército francês, o mesmo que Macron usa para nos ameaçar.

Villas Bôas ainda questionou a falta de aplicação do pensamento iluminista –movimento do século 18 que nasceu na França e representou ideias de liberdade política e econômica– em relação a outros países. E enfatiza que “a questão ultrapassa os limites do aceitável na dinâmica das relações internacionais”.

41 comentários:

Anônimo disse...

O governo dos loucos não pára...O hospício da extrema direita safada

Anônimo disse...

O governo dos loucos não pára...O hospício da extrema direita safada

Anônimo disse...


Isso ...
Declaramos guerra ... eles nos invadem... viramos território francês e a nossa moeda passa a ser o Euro !! Ufa ...

Fechado !

Anônimo disse...

O Brasil tem que retaliar os franceses e alemães, colocar sobretaxas aos produtos deles e, o povo brasileiro não comprar produtos destes países e nem fazer excursões para lá. Esses países e nem a Europa está com tudo.

Anônimo disse...

Comecem bombardeando as lojas do Carrefour e Leroy Merlin

Anônimo disse...

Pensei que havia somente um paranoico em Brasília. Agora são dois.

Anônimo disse...

E o general peidou e sujou as botas kkkkkk. Citou até pensamento esquerdista Francês

Anônimo disse...

França ameaça o Brasil com bombas atomicas? Kkkkkkkkkkkkkkk. Esse blogue é uma comedia.

Anônimo disse...

O senhor faltou na aula de interpretação de texto.

Anônimo disse...

Se o exército francês tiver homens tão machos quanto a cadelinha francesa de Merkel, ou seja, quanto a macron, então, teremos que mandar só um soldado pra enfrentar as francesas. Vamos mandar o Raul pé de mesa pra enfrentar os iluministas. Vai voar penas francesas pra todo lado! Mas elas vão gostar, muito!

Anônimo disse...

Se o exército francês tiver homens tão machos quanto a cadelinha francesa de Merkel, ou seja, quanto a macron, então, teremos que mandar só um soldado pra enfrentar as francesas. Vamos mandar o Raul pé de mesa pra enfrentar os iluministas. Vai voar penas francesas pra todo lado! Mas elas vão gostar, muito!

Anônimo disse...

BOICOTEMOS PRODUTOS FRANCESES E ALEMÃES E DE SEUS GRUPOS ECONOMICOS
BOICOTEMOS PRODUTOS FRANCESES E ALEMÃES E DE SEUS GRUPOS ECONOMICOS
BOICOTEMOS PRODUTOS FRANCESES E ALEMÃES E DE SEUS GRUPOS ECONOMICOS

Anônimo disse...

Como sempre Gal Villas Boas usa as palavras certas para responder Macro. Grande Villa Boas! O Brasil tem eterna gratidão ao grande nobte e patriótico trabalho de Villas Boas.

Anônimo disse...

Parabéns pela atitude.
No Brasil faltam brasileiros para defender o que é nosso, muito triste isso
Covardes .....

Anônimo disse...


BOLSONARO DESCOBRIU QUE QUEM ESTÁ TOCANDO FOGO NA AMAZÔNIA SÃO AS ONGS!!!

OS DONOS DE TERRAS, GARIMPEIROS, POSSEIROS E GRILEIROS JÁ ESTÃO PEDINDO INTERVENÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS CONTRA ESSAS ONGS MALDITAS!!!!

Anônimo disse...



URGENTE! URGENTE! URGENTE! URGENTE!


Governo Bolsonaro não está afundando em lamaçal!

Vai virar cinzas mesmo!

Anônimo disse...

Parabéns ao General.

Renato disse...

A frança é um pais que não tem credibilidade nenhuma,paraiso dos esquerdopatas nutelas,teve um império colonial que tratou a ferro e fogo povos na Africa e na Asia,explodiu bombas atomicas no pacifico,afundou o navio do Greenpeace na Nova Zelândia.Vamos ser patriotas não vamos mais consumir produtos franceses.

Anônimo disse...

Chama os embaixadores para se explicarem

Anônimo disse...

Nós somos amigo do "fortão" da turma.......
Venha micron.....

Anônimo disse...

Em relação as causas dos refugiados na Europa, eles não falam e não se intrometem em nada.

Esses esquerdinhas são uma piada.

ARS disse...

Micron gosta muito de invadir a casa dos outros e dizer que é sua. Na Guiana Francesa apoiou o projeto Montanha de Ouro que iria desmatar mais de 2000 hectares de florestas de uma reserva ambiental. Não passa de um neo colonialista decadente.

Anônimo disse...

"Rota suicida": imprensa mundial detona Brasil por queimadas:

Jornais europeus dizem que Bolsonaro colocou Brasil em 'rota suicida de incêndios'

23 AGO 2019 - Portal Terra

A imprensa internacional repercutiu nesta sexta-feira, 23, o agravamento da crise provocada pelos incêndios na Amazônia. Grandes jornais europeus, como o Guardian, o El País e o Le Monde ressaltaram a pressão da comunidade internacional sobre o presidente Jair Bolsonaro e os riscos que os incêndios na floresta representam para a estabilidade climática do planeta.

O premiê britânico, Boris Johnson, divulgou nota na qual disse estar profundamente preocupado com os incêndios e o impacto das chamas na natureza. O primeiro-ministro usará o encontro do G-7 no sábado na França para pedir um foco renovado na proteção da natureza.

O francês Le Monde destacou: "A Amazônia paga pela política do presidente brasileiro". A reação da França foi a mais dura contra o aumento na destruição na floresta equatorial.

O presidente Emmanuel Macron acusou Bolsonaro de mentir sobre sua política climática durante a reunião do G-20 em Osaka em julho e disse que estuda desistir do acordo entre UE e Mercosul.

A BBC britânica destacou em seu site as ameaças de Macron e questionou: 'Incêndios na amazônia: como a situação ficou tão ruim?'

Na Itália, o La Repubblica lembrou que Bolsonaro encoraja o desmatamento da Amazônia.

A nível diplomático, representantes do G7 já trabalham em Biarritz para coordenar uma resposta ao desmatamento em larga escala da floresta.

Anônimo disse...

Os bolsoBOSTAS esqueçem que a Guiana Francesa, que é do tamanho do Estado de SC, com a população de menos de 300 mil pessoas é territótio Frances que faz divisa com o Brasil também está localizado na região da amazonia?

Alguém leu o viu alguma imagem de queimadas na Guiana Francesa?

Anônimo disse...

Vamos mandar esses loucos terem aula com dilma de como roubar sem deixar rastros...com lula não da é incompetente e a direita sera presa

Anônimo disse...

Se a França erou no passado o Brasil também errou. Se reviver o passado de todos paises vai ser encontrado erros.

Isso não é motivo para justificar as milhares de queimadas que ocorrem no território brasileiro e, ao invez do governo bozo atuar, dobra os braços e ataca todo mundo ao inves de arregaçar as mangas e mandar apagar o incendio.

O discurso do bozo sempre foi contra o meio ambiente, contra as terras demarcadas para os indíos.

Anônimo disse...

MACRON COMUNISTA VAGABUNDO

Anônimo disse...

BRASIL DEVE OCUPAR A GUIANA IMEDIATAMENTE E FECHAR A RENAULT NO BRASIL

Cris disse...

Era um jogo para diplomatas ($$$)... não uma discussão de centro acadêmico das "humanas"...

ZAPELINO B disse...

Os índios de Bolsonauro incendeiam a Amazônia, enquanto o ele corta o cabelo, debocha do chanceler frances que queria ser recebido por ele e aí o Macron larga uma bomba atômica sobre o Brasil. É isso general Vida Boa? Só espero que a bomba caia em Brasília no meio da semana, que é para pegar todo o mundo de uma vez.

Anônimo disse...

Sua mãe também peida quando um militar apaga o fogo dela.

Anônimo disse...

Villas-Boas, um general que não foi capaz de se retirar:

FERNANDO BRITO · 23/08/2019 - O Tijolaço

O General Eduardo Villas Boas teve uma carreira militar digna.

Mas não teve infelizmente, a sabedoria de retirar-se, com dignidade, deste serviço.

Está, no Twitter, dizendo que o presidente francês, Emmanoel Macron, está a “realizar ataques diretos à soberania brasileira, que inclui (sic), objetivamente, ameaças de emprego do poder militar”.

Que ameaça de emprego de poder militar, general?

Villas Boas recorda a guerra da Indochina ( contra comunistas, registre-se) e os testes nucleares franceses no atol de Muroroa, na Polinésia, como prova da falta de autoridade moral da França para falar em queimadas.

Ninguém é soberano para cometer crimes, general.

O senhor, general, vai desqualificar a autoridade moral dos norte-americanos pelo Atol de Bikini, nas Ilhas Marshal, possessão norte-americana, onde estouraram outras tantas bombas nucleares experimentais, ou por terem explodido cidades como Hiroshima e Nagazaki numa guerra tecnicamente ganha, depois da rendição dos alemães, na II Guerra?

Onde é que houve ameaça de uso de poder militar contra o Brasil, general?

Por acaso entregamos uma base de foguetes a eles? Por acaso mandamos um oficial brasileiro virar subcomandante de uma frota da França? Por acaso nosso presidente bate continência para a vert-blanc-rouge francesa?

General, nestes tempos de tantas citações bíblicas, não lhe faria mal conhecer o que são os fariseus.

Anônimo disse...

Só pode ser sacanagem.
Um milico entreguista, lesa-pátria que não deu um pio sobre a entrega do pré-sal, da Embraer, da Petrobrás e da base de Alcântara vir a público arrotar preocupação sobre a soberania, enquanto a Amazônia arde em chamas.
O Brasil subverteu o significado de traidor pátria, representada por qualquer um desses lambe-botas dos americanos.

Anônimo disse...

Estou me lembrando daqueles filmes de ficção, em que alienígenas se apossam do corpo de uma pessoa na terra e passam a comandar seu cérebro.
Não sei se foram alienígenas, mas alguma coisa muita estranha aconteceu com o cérebro desse general.

Anônimo disse...

Será que ainda temos nacionalistas no comando do Exército brasileiro? Essa organização chamada Exército brasileiro foi dominada por comandantes que fazem parte de um bando de traíras, entreguistas, que vivem de mordomias e mamatas.

Não sei se há vida inteligente entre os militares abaixo desses comandantes (tenho a impressão que há). Esse Villas-Boas vive no clima da guerra fria dos anos 50

Anônimo disse...

Admitindo, em tese, que é verdadeira a ameaça militar, como diz o general, onde estão nossos submarinos atômicos adquiridos no govenro lula? Onde estão os caças para defender nosso espaço aéreo, adquiridos no governo Dilma? A que preço os Estados Unidos vão nos defender da França?

Quem brinca com fogo vai se queimar.

Anônimo disse...

Tudo comunista, esquerdista, ora como vão ameaçar a soberania nacional sobre a amazônia. Coisa de imperialismo. Tenho uma proposta: por que não mandar o valoroso exército, marinha e aeronáutica nacional de carreira, não os recrutas pois esses ficariam para fazer a manutenção nos elefantes brancos que são as unidades militares, defenderem a amazônia e proteger a pátria e fazer jus ao aumento que vão ter com a "deforma da previdência dos militares". E podem ter certeza, irão ganhar a guerra, pois os inimigos verdadeiros são os grileiros, o garimpo, a expansão agrícola, o tráfico, todos esses são indefesos e as forças militares irão atropelar e ganhar respaldo com a população ignorante. Sobre a invasão externa é um delírio, resquício dos anos sessenta e poucos, ninguém vai invadir território algum ,nem a Venezuela que está sentada no petróleo os EUA tiveram a desfaçatez de invadir, agora, impor sanções comerciais e boicotes aos produtos nacionais, isso sim pode acontecer. E eu embora afundando junto gostaria de ver a cara do agronegócio que apoiou e apoia o governo de mediocres.

Eduardo Thomas Turbando disse...

Políbio, o Macron é baitola, é ??

Anônimo disse...

Isso é dá deixar um cara respirando por aparelho ficar dizendo besteira.
Qualquer país, qualquer um mesmo da Europa se quiser, invade o Brasil E PRONTO.
Soldadinhos de escola militar com entrada assegurada pela cota não dão conta.

Anônimo disse...

Meu esses caras tão tudo doentes.
Esquerda, que esquerda meu? G7 É PURA DIREITA.
Vão estudar seus bestas.

Anônimo disse...

Esse generaleco verme filho de uma puta tem q morrer bem devagarzinho o canalha