Deputados desidratam mais a PEC ao reduzir ainda mais a idade de aposentadoria para professores


De concessão em concessão, deputados vão desidratando a reforma da previdência.

Os deputados lulopetistas e os da direita fisiológica ou populista acabam de aprovar, por 465 a 25 votos, o destaque do PDT para reduzir a idade mínima de aposentadoria de professores da educação básica, que já havia sido reduzida no texto-base da reforma da Previdência.

Pela mudança, as idades exigidas na regra de transição passam a ser de 52 anos para mulheres e de 55 anos para homens.


Todos viverão pelo menos mais 30 anos e se sustentarão à custa dos contribuintes brasileiros que terão que se aposentar por menos e muito mais tarde.

7 comentários:

Anônimo disse...

Mas o pior é que são "trabalhadores " desclassificados, que nem de longe lembram os mestres de outrora.

Anônimo disse...

KKKKK Só trouxas acreditaram que essa reforma iria reformar alguma coisa! Para piorar todo o Santo ajuda!KKKKK

Anônimo disse...

Os 52 anos são o auge da capacidade de um professor. Quando mais pode ensinar, se aposenta... Canalhas!

Anônimo disse...

Não consegui confirmar essa informação; vi em um outro canal que isso é só para quem já está agarrado na teta. Se for só a partir de agora (novos professores), significa que os professores comunistas vagabundos, vão se aposentar logo, e quem entrar no lugar, já vai saber que agora é educação, e não doutrinação.

Anônimo disse...

Por mais nobre que seja o magistério, não há porque este odioso privilégio, assim como odiosos são os dos militares e policiais. Ninguém é obrigado a ser policial, militar ou professor, tampouco lhe é exigido mais do que a qualquer reles mortal. Isto ainda terá que ser corrigido para que sejamos, todos nós brasileiros, iguais uns aos outros.

Anônimo disse...

Caro Polibio, o governo tem o tamanho do impacto por causa destes destaques aprovados, são 1,7 Bi apenas, ou o PSL apoiava esses destaques, ou corria o risco de perder 300 a 400 BI com os destaques das esquerdas!

Anônimo disse...

Anonimo das 20:59 hs , aos 52 garantem a aposentadoria do serviço público e vão dar sulas nas Escolas Privadas, quem não conhece casos assim?