Governo narco-comunista de Maduro prende o jornalista venezuelano Luís Carlos Díaz

Os protestos já começaram em vários Países. Organizações de jornalistas protestam contra a prisão. No Brasil, o caso é ignorado. 

O editor recebeu antes do meio dia, a informação de que a ditadura narco-comunista de Nicolás Maduro prendeu o jornalista venezuelano Luís Carlos Díaz.

Agentes do Sebin, a perigosa polícia secreta do governo, sacou Díaz de dentro de casa e promoveu busca e apreensão, levando até mesmo o dinheiro que estava guardado.

7 comentários:

Anônimo disse...

No Brasil, o caso é ignorado.

pelo amor de Deus, uma Lava Imprensa ja!!!!

não podemos mais continuar com essa gente...

Anônimo disse...

Alguém pergunte a presidenta do PT gleise hoffaman e ao Luladrão é Haddad - Haddad é luladrão, o que eles acham dessas prisões. Como disse o presidiário de Curitiba " na Venezuela tem excesso de democracia".

Anônimo disse...

E a mídia amiga quietinha..... hipócritas.

Anônimo disse...

A CNBB , o PT, a imprensa hipócrita e a OAB estão pianinho, por que será?

Anônimo disse...

O polícia de Maduro é de torturar horrores. Estilo cubana. Aqui Zé Dirceu crua da ditadura cubana não pide ficar solto

Anônimo disse...

Para a mídia, OAB, etc., é no Brasil que o governo persegue jornalistas. E agora? Vão fazer algum manifesto? Vão apoiar o jornalista ou vão apoiar Maduro.
Amanhã o STF se prepara para soltar Lula. Ninguém vai se manifestar? Ninguém vai organizar passeatas? Todos vão se conformar com mais essa burla à lei? Em frente ao STF está programada uma manifestação. Como fazer?

Unknown disse...

A Polícia Secreta são cubanos. São eles que desfilam em volta de Maduro. Ganhando pago por estarem lá e deixando o povo morrer de fome.