Servidores continuam greve política em Porto Alegre

Os 17 mil servidores ativos de Porto Alegre continuam em greve nesta quarta-feira.

Trata-se de greve política, porque o sindicato da categoria, o Simpa, anunciou que o protesto é contra o pacote de reforma administrativa que a Câmara de Vereadores examinará na reabertura dos seus trabalhos legislativos, portanto hoje. 

As 11h, o Simpa terá reunião com os líderes da Câmara.

A prefeitura tirou nota para dizer que sempre esteve aberta ao diálogo, mas que não abre mão das reformas. CLIQUE AQUI para ler.

4 comentários:

Anônimo disse...

Simpa e Marchezan JUNTOS pelo AUMENTO DO IPTU E FORO DE SAO PAULO.
O resto é tudo TEATRO COM A MIDIA OFICIAL AMESTRADA...
A estrategia do Junior de abandonar a cidade e entregar ao caos só engana bobo. O contribuinte NAO TEM MAIS DE ONDE TIRAR PARA PAGAR IMPOSTOS!V
IPTU SE AUMENTAR NAO VAMOS PAGAR!!

Anônimo disse...


Agora os sindicalistas, eles mesmos, querem legislar e governar. É uma barbaridade!

Anônimo disse...

O Jr aberto ao diálogo?? Só o Editor acredita.

Anônimo disse...

Dezessete mil?????????????? Puta que os pariu!! Tem que demitir pelo menos uns 15 mil.