Licitação da nova rodoviária de Porto Alegre não prevê mudança de local

O governo do Estado recebeu três propostas para a concessão da Estação Rodoviária de Porto Alegre à iniciativa privada, segundo informou nesta terça-feira a Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão.

A licitação está em andamento.

As propostas recebidas não contemplam mudança de local, o que é absolutamente necessário. A atual rodoviária encontra-se na zona mais central de Porto Alegre, atravanca o trânsito e impede o deslanche econômico da região

9 comentários:

Anônimo disse...

Desmanche econômico da região. Caro polibio se a rodoviária sair do local onde está atualmente aí sim os craqueiros tomam conta. Além do mais aquela parte da cidade encontra-se esquecida pelo poder público.

Anônimo disse...

Mais 25 anos de caos naquela região.O poder público só tira o dinheiro da população.Nada vem pra melhorar.E quando vem é pela metade.Que país este...nem os extraterrestres passam por aqui quando estão na terra...

Justiniano disse...

A nova rodoviária tem que ser na fora da cidade se querem algo para próximos 30 anos.

Lembro que quando Maluf fez o terminal rodoviário Jabaquara, nos anos 70, chamaram de megalomaníaco e que levaria 50 anos para saturar e, em menos de 20 anos já não suportava o movimento.

hsilveira disse...

Entendo que os maiores interessasdos na localização da Rodoviária de Porto Alegre sejam seus usuários. Duvido que aqueles que reclamem do lugar onde ela está a utilizem com frequência. O fato de estar próxima do centro facilita o deslocamento de passageiros oriundos do interior, contemplando o interesse da grande maioria.Sei que aquele espaço vale e pode render muito dinheiro. A mudança também alimentará as linhas urbanas. Eis o interesse em detrimento de quem realmente dela precisa. Não mexam com quem tá quieto.

Anônimo disse...

A rodoviária de Porto Alegre tem de ser dividida!

No local atual devem chegar e partir os ônibus urbanos e metropolitanos.

Junto ao aeroporto, construir um terminal para as linhas do interior do Estado, interestaduais e internacionais.

Anônimo disse...

Tal qual a área do parque Zoológico deve ter alguém de olho no local.

Anônimo disse...

Está mesmo na hora de trocar o concessionário da Rodoviária. A incompetencia é muito grande. O site para compra de passagens é algo jurássico. Tentei uma vez e desisti.

Anônimo disse...

A Rodoviária encontra-se no local correto urbanisticamente falando (junto a área central , que é pólo de serviços em nível metropolitano e de onde parte ramificações de acessibilidade para os diferentes bairros de Porto Alegre) ...
E isto está claro nas propostas apresentadas que imagino contaram com profissionais familiarizados com a bibliografia urbanística.
O tratamento viário dado ao local deixa a desejar e requer investimentos...
Talvez seja o momento de pensar-se uma solução otimizada para a área e colocar-se mãos a obra...
Não custa relembrar que a situação na área já é bastante tumultuada com a chegada da Castelo Branco e com a presença da rodoviária e que seria muito bom utilizar-se de bom senso e não se promover o caos construindo elefantes brancos junto ao Guaíba que favoreceriam um pequeno grupo em detrimento de toda a população da cidade...
Carros e caminhões não costumam entrar e sair de locais voando ou via e-mail, não é mesmo ?

hsilveira disse...

Verdade Anonimo: o tratamento urbanistico da área da Estação Rodoviária é que está incorreto. Neste caso, querem justificar com o detrimento duma legião de usuários. A ER, naquele local, propicia fácil acesso aos principais serviços e locais da Capital. Hoje, o local tem grande importância economica. Assim, não se duvida de nada, pois de olho em áreas públicas bem valorizadas tem "um monte", que não estão intetessandos o bem comum.