O inquérito do reitor que se suicidou

É a capa da revista Veja de hoje.

A Polícia Federal acusou o ex-reitor da UFSC de integrar “esquema criminoso” que desviou “80 milhões de reais”. Agora, sai o relatório final — e o resultado é pífio.

Acontece que Luiz Cancellier de Olivo se suicidou num shopping center. 

A revista VEja revela que o documento dispara uma verdadeira fuzilaria verbal contra o reitor. Afirma que “Cancellier detinha pleno conhecimento sobre o funcionamento e a dinâmica das fundações e de todas as irregularidades”. Assegura que o reitor “agiu decisivamente em condutas impugnadas nesta investigação” e participou de uma organização criminosa.

Veja não gostou do que leu:

O aspecto alarmante é que as afirmações do relatório não se baseiam em provas conclusivas. Não há um documento inequívoco ou uma prova cabal. O texto limita-se a especular sobre a intenção de troca de funcionários e sobre o conteúdo real de conversas no WhatsApp, a apontar a estranheza de algumas coincidências, e chega até a fazer referências a fofocas e “comentários”

12 comentários:

Anônimo disse...

meganhas filhos da puta

Anônimo disse...

Lamento informar que se o cara se suicidou,foi por motivo muito forte.
Ninguém se suicida de graça.
Sempre algo há.
Evidente que desconheço a causa do suicídio do reitor.
Mas não há dúvida de que foi por motivo muito forte.
No caso,ele sabia que a polícia estava investigando.
Ao invés de contratar um advogado para ficar dizendo que tudo é mentira,preferiu se suicidar.
Também pode ser o que houve.
Lula tem dezenas de advogados para desmentir a polícia e Moro,e está preso.

Milton disse...

O fato é que a veja comprou essa história que ele foi uma vítima. Eles já foram longe demais defendendo o ex reitor. Agora querem uma prova cabal. Incorporaram os petistas.

Anônimo disse...

A verdade é a seguinte: um inimigo do Reitor fez a denúncia de desvios de 80 MM. A delegada, louca por holofotes, se atirou numa mega operação para se projetar. Já foi transferida, para sair incólume. O inimigo do Reitor, continua com seu carguinho, mas na geladeira.

Descobriram 30 mil reais de recibos questionáveis em um projeto de 80 MM. Nada!

Quem vai ser responsabilizado pela morte do Reitor???

Anônimo disse...

Deu uma de japonês.

Sabia que era culpado, foi descoberto, criou vergonha na cara e suicidou-se.

Tudo muito simples.

Anônimo disse...

Esse pessoal de humanas de esquerda, ainda mais ligados ao funcionalismo publico, vivem a base de remedios para dorimir, consultas com psiquiatras e afins. O suicido eh algo que esta sempre por perto.

As maes de familia trabalhadoras que pegam trem lotada para trabalhar na faxina o dia inteiro nao tem tempo para pensar em suicidio.


Bola pra frente. O brasil que produz nao pode parar.

Anônimo disse...

Que a classe política use a mesma saída quando flagrada.

Anônimo disse...

Os comunistas esquerdopatas atacaram duramente a PF e, ela tinha todas as provas, taí o relatório.
O cara se matou de vergonha.
Esquerdalha, com a PF vocês não tem moleza.
SE QUEREM MOLEZA VÃO AO STF QUE SÓ DEFENDE COMUNISTA BOLIVARIANO CUBANO.

Anônimo disse...

esse heitor dessa faculdade nao era um que andava grudado na presidanta quando ela passava por Sta.Catarina?? um petralha ladrao, agora saiu o quanto roubaram de toga, sao ladraos togados, onde ta os milhoes desviados seus cumunas sujos, lixos?

Anônimo disse...

Tem certeza que ele se suicidou?
Ou foi suicidado?

Que eu saiba quem gosta de se suicidar é o pessoal da PF e os generais que vão para o Haiti.

Anônimo disse...

Tenho vergonha de certos "profissionais de jornalismo " no Brasil...pra mim não passam de fofoqueiros com diploma. Mediocre profissao.

Anônimo disse...



Todos sabemos quem são os especialistas em assassinatos de reputações!