Dois em cada três brasileiros apoiariam intervenção na segurança do Estado

A intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro não melhorou a imagem do presidente Michel Temer (PMDB), mas é amplamente aprovada pela população: 75% se declaram a favor da iniciativa. Além disso, dois em cada três brasileiros apoiariam uma medida similar em seu Estado, caso ela fosse adotada.

Os dados são de pesquisa nacional do Instituto Ipsos, feita em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo. Nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, a taxa de apoio a uma eventual intervenção é de 80%, 72% e 71%, respectivamente - acima da média nacional de 64%.

No Sudeste, a taxa é de 63%. Apenas na Região Sul a população se divide: 47% a favor e 46% contra. O governo federal não planeja intervir em outros Estados. A inclusão da pergunta na pesquisa serve para verificar a percepção sobre o tema.

10 comentários:

Anônimo disse...

EU apoio

Anônimo disse...

Mais uma ação apenas midiática do desgoverno temer. Absolutamente nada mudou no Rio!

Anônimo disse...

O temer na ancia de subir sua popularidade, acabou por colocar o exército e o julgman numa fria. Aguardem mais uns dias e comprovem.

Anônimo disse...

ninguem aguenta mais...

é uma carnificina...

o Brasil nao é um país normal...

Mordaz disse...

Não adianta intervenção com esta constituição e este STF amigo dos amigos. A Constituição do PMDB foi um desastre para o país.

Mordaz disse...

Todos os valores da população foram expulsos da Constituição do PMDB. Pena de morte, prisão perpétua, menor idade penal, direito a auto defesa, cumprimento das penas. Foi criada uma enorme impunidade por ela. 92% dos homicídios não são esclarecidos e, os que vão a condenação, tem penas ínfimas e liberdade precoce.

Anônimo disse...

E até agora, o silencioso obsequioso ( E CONSTRANGEDOR !!! ) da cada vez mais irrelevante mídia gaudéria, que parece tentar, a todo custo, manter intocável a bandidagem dos traficantes. Por que não repercutem essa pesquisa ???

Mas, nos veículos on-line, sobram "chamadinhas" para o futebol e outras inutilidades, revelando o que chamo de imprensa FU+FU: FUTEBOL e FUXICOS.

Com uma imprensa dessas, até a Alemanha vira uma bosta !

Anônimo disse...


O texto fala em planejamento.

O governo Temer, não planeja nada e vai ao sabor dos ventos.
Quanto a intervenção, não é preciso fazer pesquisas, já está mais que aprovada, basta apenas que os militares tomem as rédeas do país.

Anônimo disse...

Bobo útil.

Carlo Germani disse...

INTERVENÇÃO CÍVICA CONSTITUCIONAL.

A única intervenção que pode,a duras penas,evitar a inviabilidade do Brasil como nação.