Gravataí confirma próximo rompimento com a Corsan

A prefeitura de Gravataí confirmou que dentro de três meses iniciará o processo de rompimento do seu contrato com a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e licitar a empresas interessadas o fornecimento de água e tratamento de esgoto. 

A intenção é lançar o edital de concorrência para a ainda neste ano.

O prefeito Marco Alba (foto ao lado) disse ao editor que suas tratativas com a Corsan já duram quatro anos e sem resultados.

O motivo é a insatisfação com os serviços prestados pela estatal. Segundo o Instituto Trata Brasil, no qual  ranqueia os 100 maiores municípios brasileiros com relação ao saneamento oferecido, Gravataí ficou entre os piores, na 94º posição. Segundo os dados, de 2013, apenas 72,76% da população local tem fornecimento de água potável. O índice de atendimento de esgoto é ainda pior, da ordem de 22,4%.

7 comentários:

Anônimo disse...

como assim empresas interessadas?

nao existem, por exemplo, duas infraestruturas de fornecimento de agua, uma publica e uma privada...

vai ser apenas uma empresa que vai usar a infraestrutura, publica, ja existente, é isso?

ate onde sei, nao ha empresas que construam uma rede de tubulaçoes de fornecimento de agua de maneira privada, ou que tenham um reservatorio de agua privado para "fornecer agua" para uma cidade inteira...

João Rene Cobelli disse...

Uruguaiana passou de 8% (Corsan) para 90% de serviço de esgoto sanitário.
Deve ser a cidade com mais esgoto recolhido e tratado no estado.
O valor é o mesmo que pago em Porto Alegre e Capão da Canoa.
Aqui serviço é bom e privado - BRK Ambiental
João Rene Cobelli - Uruguaiana RS

Anônimo disse...

Com essa o Marco enriquece

Anônimo disse...

kkk, Uruguaiana da Odebrecht ambiental, que pagava propina para políticos da cidade em troca de contratos com o município??????

Anônimo disse...

Está certo o Prefeito. CORSAN assina contrato e não cumpre, isto está acontecendo em diversos municípios.
POUCOS ou nenhum tem esta coragem.

Anônimo disse...

Como assim um contrato que ele mesmo firmou, quando era secretário de saneamento do estado, acho que tem treta nisso! Melhor botar um prefeito terceirizado!

Anônimo disse...

Como assim um contrato que ele mesmo firmou, quando era secretário de saneamento do estado, acho que tem treta nisso! Melhor botar um prefeito terceirizado!