PSDB gaúcho sai a campo para buscar aliados

O PSDB gaúcho decidiu ontem que vai procurar aliados para disputar no ano que vem o governo estadual.

A reunião da Executiva foi presidida por Marchezan Júnior.

O nome do PSDB para o Piratini é o de Eduardo leite, ex-prefeito de Pelotas.

8 comentários:

Anônimo disse...

Essa é a principal ocupação de qualquer político: campanha e eleição.
E quando se elegem, ocupar todos os cargos "de confiança" para cobrar propina e fazer fundo de campanha.
E tome fundo partidário, fundo eleitoral, mordomias, carros, verba de representação.
Esse modelo está muito errado.
Cadê o partido Novo, que não se manifesta?

Anônimo disse...

Querem arrumar um emprego pra Eduardo Leite já que está desempregado. Na verdade, nunca teve qualquer emprego.Nao se sabe do que vive...

Anônimo disse...

Aliado trairá.

Anônimo disse...

FRAQUISSÍMO NÃO TEM CONDIÇÕES.

Anônimo disse...

Acho que o povo gaúcho não vota no Leite , tem uns gosto meio complicado. So que falta um Governador Prenda

Anônimo disse...

De que adianta esse preconceito medíocre desse anônimo retratado? Os governadores que passaram nada fizeram, independentemente do que fazem na vida privada, o que vale é a competência e não o partido ou o que faz na intimidade. Até pq alguns dos nossos ex-governadores adoravam alguma pulada de cerca meio diferente...

Anônimo disse...

Hmmm...pulada diferente? No caso do Leite, não entendo pq não assume! Seria um tapa de luva de pelica rosa nesses gaúchos pseudo machistas. Mas a dúvida não é desse lado...se não tiver desonestidade nisso, qual o problema? mas sim dúvida da capacidade dele de "tourear" essa crise do Estado. Tem que ser alguém mais cascudo q ele.

Anônimo disse...


O Estado precisa de alguém que siga a linha do Sartori.

Marchesan é o nome que tem condições de assumir tamanha responsabilidade.