Centrão também quer expurgo do PSDB

Além do PTB, também o Centrão cobra o expurgo do PSDB e a entrega dos cargos ocupados pelos tucanos.

Apesar de ocupar quatro ministérios, os deputados tucanos foram os que mais traíram Temer na votação desta semana.

7 comentários:

Anônimo disse...

TEMER JÁ COMEMORA A SAÍDA DE JANOT DA PGR:

Poucos dias depois de se safar da denúncia de corrupção passiva na Câmara dos Deputados, numa operação que custou R$ 13,4 bilhões ao País, entre emendas e outros favores aos parlamentares, Michel Temer já comemora, por antecipação, a saída de Rodrigo Janot da procuradoria-geral da República em setembro; segundo Temer, ao denunciá-lo, assim como a outros integrantes de seu governo, Janot agia como político; "Lamento é que ele, a todo momento, anuncie que vai fazer uma nova denúncia, baseada nos mesmos fatos. É um gestual político, institucionalmente condenável"; Temer também disse que a sucessora de Janot, Raquel Dodge, dará o "rumo correto" à Lava Jato; será que a sangria foi estancada?

5 DE AGOSTO DE 2017

247 – Aparentemente, Michel Temer conseguiu estancar a sangria da Operação Lava Jato. Em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo, seu mais fiel aliado na mídia, ele já comemora, por antecipação, a saída de Rodrigo Janot da Procuradoria-Geral da República.

Segundo Temer, ao denunciá-lo, assim como a outros integrantes de seu governo, como Eliseu Padilha e Moreira Franco, Janot agia como político.

"Sabe quando o procurador fez isso, embora esse processo esteja correndo há três anos? Às vésperas da votação do Congresso, o que está a significar que, na verdade, ele passou a ter uma atuação muito mais de natureza política, e quase pessoal, do tipo 'quero ver qual é o time que ganha', e não a sua função institucional. Não se trata de disputas pessoais. Nem ele deve ter disputa pessoal com o presidente da República, muito menos eu terei com ele. Jamais lhe daria essa satisfação. Lamento é que ele, a todo momento, anuncie que vai fazer uma nova denúncia, baseada nos mesmos fatos. É um gestual político, institucionalmente condenável", disse Temer.

Janot alega que investiga fatos – e não pessoas – e lembra que as provas do caso JBS, como as malas de dinheiro entregues a Rodrigo Rocha Loures e prepostos do senador Aécio Neves (PSDB-MG), são irrefutáveis. E Temer não menciona que sua salvação custou R$ 13,4 bilhões ao País, em favores aos deputados.

Temer disse ainda que vai seguir com suas reformas, rechaçadas por uma população em que só 4% o apoiam, e prevê que terá o apoio do PSDB. "Mas será que eles votam contra o Brasil? Eu não acredito que eles votem contra o Brasil", afirmou.

Ele também disse não temer as delações de Lúcio Funaro e Eduardo Cunha. "As pessoas estão cansadas disso. Primeiro, não conheço Lúcio Funaro, segundo, não sei o que ele vai dizer. Portanto, não posso falar sobre hipóteses. Não tenho nenhuma preocupação com isso. Eduardo Cunha, sim, foi líder do PMDB, foi presidente da Câmara. Às vezes me perguntam, como é que você falava com ele? Meu Deus, estou falando com o líder do PMDB, com o presidente da Câmara... E eu não devo falar com ele?", questionou. (...)

PS: Se está festejando é porque a Lava Jato Brasilia vai parar, já a Lava Jato "sector Curitiba", no que tange ao PT, lula e dilma continua a mil.

Justiniano disse...

Tem que botar para correr esses tucanos, que como todo pássaro tucano preda os ninhos dos outros pássaros, portanto tem que mandar embora esses tucanos ou seriam chupins. Os tucanos nunca mais vão eleger presidente, porque são o braço da esquerda light do PT, basta ver os personagens, FHC, Serra (presidente da UNE), Aloísio Nunes (terrorista) entre outros, que fugiram do país na época da redentora por serem socialistas e subversivos.

Como um político disse os tucanos sempre ficam em cima do muro e até para sair do murro eles fazem uma convenção sobre o murro. Agora Temer pode derrubar o murro e mandar esses oportunista dos tucanos para PQP.

Anônimo disse...

ATÉ VEJA RECONHECE: GOVERNO TEMER APODRECEU:

Integrante da campanha midiática que redundou no golpe parlamentar de 2016, a revista Veja reconheceu, neste fim de semana, que o governo Temer, fruto desse processo, hoje governa com a "banda podre" do Congresso, cujo símbolo maior nesta semana foi o deputado Wladimir Costa (SD-PA), o da tatuagem em troca de favores; para a revista, a crise continua com Temer e, segundo a colunista Dora Kramer, a vitória do Palácio do Planalto é de fôlego curto – uma vez que Temer não terá munição para conter as próximas denúncias que virão da Procuradoria-Geral da República.

5 DE AGOSTO DE 2017

247 – O Brasil passou a ser governado pela "banda podre" do Congresso Nacional, ou seja, pelos parlamentares corruptos do chamado Centrão e de outras legendas.

A tese é da própria revista Veja, integrante da campanha midiática que redundou no golpe parlamentar de 2016.

Para a revista, a crise continua com Temer e, segundo a colunista Dora Kramer, a vitória do Palácio do Planalto é de fôlego curto – uma vez que Temer não terá munição para conter as próximas denúncias que virão da Procuradoria-Geral da República.

O colunista Roberto Pompeu de Toledo ironiza ainda o fato de o PSDB ter se misturado com o Centrão e lembra que vários parlamentares dessa "banda podre" fizeram questão de frisar estarem votando no "relatório do PSDB".

Só lembrando, Temer foi salvo por um relatório produzido por um parlamentar subordinado ao senador Aécio Neves (PSDB-MG), o deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG).

Ou seja: o PSDB também virou Centrão e hoje é parte da banda podre do parlamento.

Anônimo disse...

O traira deve expurgar o PSDB e se aliar com Bolsonaro. Em 2018 entra com candidato a vice do Bolsonaro em 2019 derruba o Bolsonaro e assuma a Presidência da República de novo, ou seja, pela porta dos "fundos", única maneira do PMDB ganhar a Presidência da República, porque no voto nunca levaram.

Anônimo disse...

o COMPETENTE MINISTRO DO PSDB aluzio nunes coreu com o maduro- parabens

LULA MOVIMENTOU 52 MILHOES DE SUAS CONTAS SIM A FORTUNA DE 52 MILHOESÇ LEIAM NO BLOG IMPRENSA VIVA


Anônimo disse...

O TAL DO BOLSONARO FOI ANOS DO PP DE MALUF É ESQUERDA ERUSTIDO FOI 25 ANOS DO PP DE MALUF ALIADO DO PT .AGORA SAIU HA POUCO TEMPO E FOI PARA O PSC OUTROS PARTIDO SOCIALISTA. E ELE QUE BAIXE A CRISTA NAO FEZNADA PELO RIO EM 25 ANOS DE DEPUTADO POR ISTO O FILHO DELE SE CANDIDATOU A PREFEITO E LEVOU UMA SURRA . QUEM SE EELGEU FOI O CRIVELA DA UNIVEDAL QUE É INIMIGO DO PT ROMPEU HA ANOS COM O PT NANICO, BOLSONARO SE FOR P O 2 TURNO VAI PRECISAR DE APOIO DO DEM E DO PSDB ENTAO Q BAIXEM A CRISTA ALIADOS DO BOLSONARO O PARTIDO QUE MAS TEVE VOTOS PRA PREFITO FOI O PSDB TEVE MAIS DE 35 MILHOES DE VOTOS E OS CANDIDATOS EM 2018 VAO PRECISAR E MUITO DO PSDB

Anônimo disse...

BOLSO- NARO vive viajando todos finais de semana com grana do partido= é uma vergonha deveria pagar é de seu bolso pega a grana p viajar pelo pais todo final de semana hahhahah em quase 30 anos mamando os altos salarios de deputado nao fez nada pelo rio, ele e pt ja eram no rio...... o filho dele se candidatou a prefeito do rio e perdeu feio