Artigo, Luis Milman - Cresce a ameaça do Irã

As lideranças israelenses atuais estão convencidas de que o Irã é a maior ameaça à existência de Israel, devido a motivos bem definidos: o país dos aiatolás já detém parte considerável do poder na Síria e no Líbano, países em que dá suporte, respectivamente, a Assad e ao Hezbollah; o Irã está envolvido em um confronto com a sunita Arábia Saudita no Iêmen, pelo controle total do país; o Iraque, país de maioria xiita, não tem a menor condição de enfrentar uma ameaça iraniana; os aiatolás fizeram o acordo com Barak Hussein Obama, que, em troca de um compromisso, por parte dos iranianos, de não fabricarem armas nucleares, possibilitou a eles a liberação de cerca de 500 bilhões de dólares em fundos retidos em bancos americanos e cerca de mais 500 bilhões retidos em bancos europeus. 

Por causa deste quadro, é muito plausível que, em pouco tempo, em alguns anos apenas, os iranianos sintam-se fortes o suficiente para confrontar Israel diretamente. 

A única forma de enfrentar a força assustadoramente crescente do Irã é retomar a política, por parte dos EUA e da Europa, do congelamento de fundos, porque os iranianos sequer necessitam fabricar armas atômicas para que possam contar com elas. 

Se e quando quiserem, eles contam com o apoio do Paquistão, por exemplo, para armar seus mísseis de longo alcance, com ogivas nucleares.

9 comentários:

Anônimo disse...

A imprensa está publicando que aquele deputado louco que tatuou o nome do Temer no braço, ganhou 5 milhões em emendas do Temer. Vejam nas mãos da quadrilha que o Brasil foi entregue

Anônimo disse...

JANOT: AÉCIO SOLTO É PRIVILÉGIO ANTIRREPUBLICANO:

O terceiro pedido de prisão formulado pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), responsável direto pelo golpe que destruiu o Brasil e acabou flagrado num esquema de R$ 2 milhões em propinas, toca num ponto relevante; segundo Janot, quando determinados personagens são colocados acima da lei, como se fossem intocáveis, evoca-se a ideia de um "privilégio antirrepublicano"; indiferente às denúncias, Aécio abriu uma crise no PSDB ao retomar o comando do partido para determinar que os tucanos fechem de vez com o golpe de Michel Temer; tanto ele como Temer estão entre os três políticos mais repudiados do País, com rejeições de 90% e 94%, fazendo companhia a Eduardo Cunha; leia a íntegra do pedido de Janot.

1 DE AGOSTO DE 2017

247 – O terceiro pedido de prisão formulado pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), responsável direto pelo golpe que destruiu o Brasil e acabou flagrado num esquema de R$ 2 milhões em propinas, toca num ponto relevante.

Segundo Janot, quando determinados personagens são colocados acima da lei, como se fossem intocáveis, evoca-se a ideia de um "privilégio antirrepublicano".

Indiferente às denúncias, Aécio abriu uma crise no PSDB ao retomar o comando do partido para determinar que os tucanos fechem de vez com o golpe de Michel Temer (saiba mais aqui).

Tanto ele como Temer estão entre os três políticos mais repudiados do País, com rejeições de 90% e 94%, fazendo companhia a Eduardo Cunha (leia aqui). (...)

PS: Esse pode pedir música no Fantástico é tri denunciado. Mas.... é "inimputável", portanto não pode ser processado e nem condenado, como todo tucano.

Mordaz disse...

A Argentina aprendeu na Guerra das Falklands o que é poder contar com as armas de outro país no conflito. Fornecer ogivas nucleares não é tão simples como enviar trigo ou carne para outro país.

ATENTO disse...

GRITO DE ALERTA DE TRUMP DEVE SER OUVIDO

Como e PORQUE dar liberdades ilimitadas aos que querem destruir a liberdade?

ALERTA,ALERTA!preciosidade retirei de artigo do www.midiasemmascara.com.br OLAVO DE CAVALHO, sobre dar tolerância ilimitada a quem quer terminar com tolerancia, ou petralhas

"Porque a tolerância ilimitada permitirá (e, na verdade, incentivará) o florescimento descontrolado dos intolerantes. E os intolerantes, por sua vez, erradicarão os tolerantes e, com eles, a própria tolerância.

“Devemos, portanto, em nome da tolerância, reivindicar o direito de não tolerar os intolerantes”, advogou Popper. O alerta foi dado em 1945, ano da publicação da sua obra magistral: “A Sociedade Aberta e Seus Inimigos”.

Hoje a Europa é a realização da profecia de Popper: ameaçada pelos bárbaros intramuros do fascismo islâmico que se aproveitaram das portas abertas e da permissão para manter a Sharia em seus guetos intocáveis."

QUE O POLIBIO PRESTE ATENÇÃO QUANDO DEIXA PETISTAS QUE NÃO HESITARIAM EM TERMINAR COM O SEU BLOG SE PUDESSEM, VEM BOSTAR AQUI POIS NÃO TEM MAIS OUTRO LUGAR.

POLIBIO ESTÁ AJUDANDO A CRIAR CORVOS QUE SE PUDEREM FURARÃO SEUS OLHOS!

Justiniano disse...

Com a chegada de 50 caças F-35, a força aérea israelense poderá atacar alvos dentro do Irã. Hoje Israel é a maior força aérea em números de caças no Oriente Médio. Já colocou 100 caças F-16 em exercício sobre o mar mediterrâneo.

Irã sabe do poder bélico de Israel e este se for o caso usará bombas atômicas contra esses xiitas radicais.

Anônimo disse...

Atento das 12,28. Isso mesmo já comentei aki no blog do Políbio. Não posta comentário dessa quadrilha do PT. Elles que vão procurar os blogs sujos da ORCRIM, como o Brasil 247, o Conversa Afiada e outros. Vão procurar sua turma. Essa quadrilha da ORCRIM(redundância, eu sei) na primeira oportunidade acabarão com a liberdade de imprensa, como acontece com o ditador venezuelano. Cuidado Políbio...!!!

Anônimo disse...

OS QUE QUEREM EXTERMINAR MERECEM SER EXTERMINADOS

QUE BOBAGEM É ESSA DE DAR ABRIGO AO QUE QUER TE DESTRUIR?

VEJAM "QUANTO É BOA" A CULTURA DO IRA E ASSEMELHADOS COM AS SUAS MULHERES.

SE FAZEM ASSIM COM AS SUAS MULHERES O QUE FARÃO COM AS DAQUI?

NÃO É COISA DE BRINCAR,NA ALEMANHA ESTÃO TRUCIDANDO LITERALMENTE, NA EUROPA UM TERROR CONSTANTE.ABRIRAM A GUARDA E DERAM A BANDIDOS ABRIGO E PÃO.MERECEM O QUE PLANTARAM ESTÃO COLHENDO.

TRUMP ALERTA AO MUNDO, AOS DISTRAIDOS E "BUNDA MOLES",DEPOIS SERÁ TARDE.

Anônimo disse...

E também estão dizendo que a tatuagem seria uma pintura.

Anônimo disse...

É verdade. Tanto que Saddam Hussein blefou e o ditador norte-coreano pode estar blefando também.