Jones Martins aposta em 300 votos a favor de Michel Temer

Avisa o deputado Jones Martins, PMDBdo RS:

- O governo vai fazer 300 votos, 270 pelo menos, na sessão desta quarta-feira.

A oposição ou o governo terá que botar 342 deputados para dar quorum.

O deputado acha que daí para a frente é tocar o barco.

Os deputados voltaram das suas bases com a convicção de que os eleitores não querem "Fora Temer", o que não significa juízo de valor sobre o presidente.

16 comentários:

Anônimo disse...

e pensar que esses homens de bem tiraram a outra presidente por PEDALADAS FISCAIS!!! e este nem autorizar investigação vergonha esse Brasil e mais vergonha de jornalistas isentos que defendem o Temer

Anônimo disse...

Se der 250 é muito ...

Anônimo disse...

Que nada!
Com este último aumento de impostos nos combustíveis, o povo paga o custo destes 300 votos

Mordaz disse...

A tragédia de um país sem vergonha na cara. Um país em que o presidente é o maior bandido da nação. Um país sem futuro. Em que jornalistas torcem pela impunidade dos seus corruptos de estimação.

Anônimo disse...

JANOT: AÉCIO SOLTO É PRIVILÉGIO ANTIRREPUBLICANO:

O terceiro pedido de prisão formulado pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), responsável direto pelo golpe que destruiu o Brasil e acabou flagrado num esquema de R$ 2 milhões em propinas, toca num ponto relevante; segundo Janot, quando determinados personagens são colocados acima da lei, como se fossem intocáveis, evoca-se a ideia de um "privilégio antirrepublicano"; indiferente às denúncias, Aécio abriu uma crise no PSDB ao retomar o comando do partido para determinar que os tucanos fechem de vez com o golpe de Michel Temer; tanto ele como Temer estão entre os três políticos mais repudiados do País, com rejeições de 90% e 94%, fazendo companhia a Eduardo Cunha; leia a íntegra do pedido de Janot.

1 DE AGOSTO DE 2017

247 – O terceiro pedido de prisão formulado pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), responsável direto pelo golpe que destruiu o Brasil e acabou flagrado num esquema de R$ 2 milhões em propinas, toca num ponto relevante.

Segundo Janot, quando determinados personagens são colocados acima da lei, como se fossem intocáveis, evoca-se a ideia de um "privilégio antirrepublicano".

Indiferente às denúncias, Aécio abriu uma crise no PSDB ao retomar o comando do partido para determinar que os tucanos fechem de vez com o golpe de Michel Temer (saiba mais aqui).

Tanto ele como Temer estão entre os três políticos mais repudiados do País, com rejeições de 90% e 94%, fazendo companhia a Eduardo Cunha (leia aqui). (...)

PS: Esse pode pedir música no Fantástico é tri denunciado. Mas.... é "inimputável", portanto não pode ser processado e nem condenado, como todo tucano.

Anônimo disse...

Da onde sairá o recurso?

Mordaz disse...

O eleitor sem representantes.

Anônimo disse...

Sabe-se que nossos políticos se vendem barato. O recurso para comprá-los sairá de um novo imposto?

Anônimo disse...

MORDAZ, cumpanheiro do Lula!


MORDAZ, já tens representante na PAPUDA!

Anônimo disse...

O mordaz 11:33 falando em bandidos, logo ele, um jagunço tri-reincidente confesso!

Anônimo disse...

Será que o povo descobriu que são os verdadeiros patos na história....kkkk.

Anônimo disse...

Gostei de ver o deputado líder das minorias na Câmara falando do governo Temer, e me lembrei que ele é o deputado dos dólares na cueca, essa ratazana tinha que tá na cadeia, mas os fanáticos gostam de ajacular no espaço!

Anônimo disse...

Gostei de ver o deputado líder das minorias na Câmara falando do governo Temer, e me lembrei que ele é o deputado dos dólares na cueca, essa ratazana tinha que tá na cadeia, mas os fanáticos gostam de ajacular no espaço!

Anônimo disse...

O anônimo das 10:38 acha que PEDALADAS FISCAIS são pouca coisa. Pois essas pedaladas não são causa, e sim efeito de uma política fiscal insana, que quebrou as contas da União. São de abissal importância, e plenamente justificaram o impeachment.
Temer tem seus pecados, e não são poucos, mas ainda é o melhor presidente eleito pelo PT e, queiram ou não, conseguiu retomar o rumo do crescimento. Mesmo sabendo das fraquezas éticas do presidente, a sociedade não quer correr o risco de entregar o governo novamente nas mãos de petistas de raiz.

Anônimo disse...

Uma sugestão, Polibio: faça como se dizia antigamente, "CORTE O MAL PELA RAIZ"! Elimine os petralhas confessos do blog! Democracia é uma coisa, apologia ao crime escancarada é outra! Todos eles estão "magnatas", então
que vão contar lorotas e estórinhas de bandido e larápios nos blogs deles logo ali, depois do caixa-prego!
Ou achas que a presença de petralhas aqui por acaso "enriquece a democracia ou
a diversidade de idéias"? Enriquece só os bolsos deles, como defensores
remunerados do partido-quadrilha.

Anônimo disse...

Cada um ao seu tempo..mortadela torcendo pelo bandido mor...e a coxinharada pelo chefe de quadrilha...amigo intimo do bandido da JBS..alias..não é a toa que ambos participavam do governo anterior. E este povareu torcendo por bandidos...ou são ingenuos..ou sem vergonha.