Osmar Terra e outros 11 ministros reassumirão na Câmara para votar com Temer

Fogaça ainda é dúvida no PMDB do RS.

Doze ministros do governo que são deputados licenciados devem reassumir os mandatos na Câmara para ajudar a barrar, no plenário, a denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, apresentada pela Procuradoria-Geral da República. 

A votação está marcada para quarta-feira.

Entre os ministros poderá estar Osmar Terra, PMDB do RS, que substituiria José Fogaça, que ainda não decidiu seu voto. Neste caso, os secretários de Sartori, Giovani Fekltes e Márcio Biolchi, também reassumiriam, já que Fogaça é o primeiro suplente e mais dois suplentes ocupam cadeiras na Câmara.

A tendência de José Fogaça é de se abster, mas o governo quer o seu voto ou a substituição temporária do parlamenta.

O caso terá decisão durante o dia.

3 comentários:

Anônimo disse...

Não esqueçamos que o PMDB, juntamente com o PT e demais aliados são os responsáveis pela destruição do Brasil. 99,99% dos políticos não prestam!!!

Chico Valente disse...

De qualquer sorte os deputados e demais políticos sofrem com a influencia originária da suicida insistencia de uma rede de televisão que propaga o incentivo ao homossxualismo, à prostituição e ao crime,tudo com subliminar inversão de valores.
Essa estação de tv deve bilhões de reais ao BNDES e a outras instituições financeiras do governo, não tem como pagar mas deve ter a promessa de perdão de dívidas caso derrubar o atual governo federal e fazer eleger alguém como um janote, o cara da régua de 150mm, ou então o criminoso condenado pela justiça e futuro presidiário, o infelicitador da Nação brasileira que já foi presidente.
Dia e noite o povo é incentivado ao suicídio moral e ao caminho do físico pela colorida rede de TV. Tudo muito bonitinho e cada vez menos pãp na mesa e mais mediocridade.
Só como ilustração, órgãos do Ministério da Educação ainda tem em estoque (herança maldita) e distribuem gratuitamente livros que incentivam homossexualismo e prostituição.
Caso os pais queiram adquirir literaturatura decente para prepararar os filhos fora da mediocridade, um livro de cem páginas de portugues ou matematica não custa menos que R$ 50,00. INVERSÃO DE VALORES.
ACORDA BRASIL.

Anônimo disse...

JANOT: AÉCIO SOLTO É PRIVILÉGIO ANTIRREPUBLICANO:

O terceiro pedido de prisão formulado pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), responsável direto pelo golpe que destruiu o Brasil e acabou flagrado num esquema de R$ 2 milhões em propinas, toca num ponto relevante; segundo Janot, quando determinados personagens são colocados acima da lei, como se fossem intocáveis, evoca-se a ideia de um "privilégio antirrepublicano"; indiferente às denúncias, Aécio abriu uma crise no PSDB ao retomar o comando do partido para determinar que os tucanos fechem de vez com o golpe de Michel Temer; tanto ele como Temer estão entre os três políticos mais repudiados do País, com rejeições de 90% e 94%, fazendo companhia a Eduardo Cunha; leia a íntegra do pedido de Janot.

1 DE AGOSTO DE 2017

247 – O terceiro pedido de prisão formulado pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), responsável direto pelo golpe que destruiu o Brasil e acabou flagrado num esquema de R$ 2 milhões em propinas, toca num ponto relevante.

Segundo Janot, quando determinados personagens são colocados acima da lei, como se fossem intocáveis, evoca-se a ideia de um "privilégio antirrepublicano".

Indiferente às denúncias, Aécio abriu uma crise no PSDB ao retomar o comando do partido para determinar que os tucanos fechem de vez com o golpe de Michel Temer (saiba mais aqui).

Tanto ele como Temer estão entre os três políticos mais repudiados do País, com rejeições de 90% e 94%, fazendo companhia a Eduardo Cunha (leia aqui). (...)

PS: Esse pode pedir música no Fantástico é tri denunciado. Mas.... é "inimputável", portanto não pode ser processado e nem condenado, como todo tucano.