Sartori falará esta tarde com Temer e Meirelles sobre adesão do Regime de Recuperação Fiscal dos Estados

A adesão do governo gaúcho permitiria que Sartori poupasse R$ 1,5 bilhão este ano e R$ 3,5 bilhões no ano que vem, valor devido à União, que seria jogado para o final do atual contrato.

O governador Ivo Sartori falará hoje com o presidente Michel Temer, com quem conversou ontem pelo telefone. Sartori chegará as 14h em Brasília. Além de Temer, ele valará com o ministro da Fazenda.

Sartori quer que o ministro Henrique Meirelles aceite flexibilizar o rol de contrapartidas exigidas para a adesão do RS ao Regime de Recuperação Fiscal dos Estados. O problema é que a entrega de estatais em troca da adesão não passa e nem passará pela Assembléia.