Saiba por que vem aí uma onda de investimentos privados na infraestrutura do Brasil

A Lava Jato tornou a sociedade muito mais vigilante sobre a exação dos contratos.

O editor anotou estes cálculos feitos pelo presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil, José Carlos Martins, que ontem ao meio dia falou no Sinduscon do RS:

- Está meridianamente claro que o setor público não tem dinheiro sequer para fazer a manutenção da infraestrutura material, que exigiria 3%do PIB e não conta sequer com a metade disto há anos seguidos. Se somarmos mais 2% para avançar, veremos que somente através de PPPs e concessões será possível cumprir o dever de casa. 

José Carlos Martins avisou que a queda da inflação e portanto dos juros básicos, além da retomada gradual da economia, fez aparecer dinheiro (só os Fundos de Pensão poderão alocar R$ 40 bilhões em infra, imediatamente) e o governo Temer vem aí com pacote completo, inclusive viabilizando PPPs e concessões municipais, tudo através da Agência Brasileira de Fundos Garantidores. Caixa e BB ajudarão os prefeitos na montagem e execução dos projetos.

"Vem uma revolução pela frente", avisou o presidente da CBIC.