Sargento da Brigada é baleado por dois ladrões em Porto Alegre

Terça-feira foi um dia de cão em Porto Alegre.

Um sargento da Brigada Militar, já aposentado, foi baleado e socorrido em estado gravíssimo ao Hospital Cristo Redentor. Foi ontem a noite. O brigadiano reagiu a um roubo de veículo que acontecia na Rua Santa Catarina, no bairro Santa Maria Goretti. 

A proprietária do veículo também ficou ferida por um disparo de raspão nas costas.

 Os dois ladrões que tentaram roubar o Ka vermelho fugiram leves, livres e soltos.

4 comentários:

Anônimo disse...

A MATANÇA está chegando no andar de cima, logo, deverá ocorrer mudanças na leis que beneficiam organizações criminosas "espraiadas" até na política.

Anônimo disse...

Até a população ter inteligência e coragem para rejeitar os referenciais sociais politicamente corretos.

Anônimo disse...

É por isso que a "ESCUDERIA DETETIVE LE COCQ" deve voltar a atividade.Naquele tempo, para cada policial assassinado,dez bandidos fichados morriam.

Ariel Peres disse...

OK, O QUE DIZER? O SER HUMANO SÓ DEIXAR DE SE APROPRIAR DE TUDO QUE LHE RODEIA, SE HOUVE MEDO! EM SOCIEDADE, TEMEMOS A LEI MAS SE ELA É BRANDA, O TAL MEDO É DISBORDADO, PISOTEADO, IGNORADO......E, O ALVO QUE SE DANE! ELEMENTAR.........sE QUEREM ACABAR COM A BANDIDAGEM AUMENTEM O RIGOR DA LEI; APLIQUEM A PENA DE MORTE SEM RODEIOS ( A FORCA É A MENOS ONEROSA)