Câmara aprova por 20 x 6 aumento da alíquota da previdência dos servidores de Porto Alegre

A sessão foi realizada no terceiro andar da Câmara, após o plenário Otávio Rocha ser invadido pelas corporações de municipários. 

Ao lado, fac simile de planilha de acompanhamento da votação. leitor perceberá que Cassiá Carpes, PP, da base do governo,votou com as corporações.

Mauro Zacher absteve-se.Foi o único que preferiu ficar em cima do muro.

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre aprovou, na noite desta quarta-feira, por 20 votos a seis, com uma abstenção, o projeto encaminhado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) que eleva de 11% para 14% a alíquota de contribuição dos servidores para o Departamento Municipal de Previdência dos Servidores Públicos Municipais (Previmpa).

A secretaria da Fazenda acha possível arrecadar R$ 30 milhões por ano com o aumento do percentual.