Força Nacional de Segurança abriu o dia protegendo escolas e montando barreiras

O primeiro turno de trabalho da Operação Avante com apoio da Força Nacional de Segurança, agiu hoje nas escolas e no ataque aos roubos de carros. Neste caso, foram erguidas 12 carreiras instaladas pela cidade das 7h as 11h.

O segundo turno da Operação Avante começou as 17h e irá até as 21h.

São usados 31 viaturas e os agentes vão equipados com pistolas calibre .40 e fuzis 5.,56.

Os 136 homens da FSN atuam ao lado de 160 brigadianos em Porto Alegre e região metropolitana.

6 comentários:

Anônimo disse...

Viva força Nacional, que sirva de inspiração para o Governo e os deputados terem coragem de aprovar os projetos para redução do Estado em besteiras e gargalos profundos e ineficientes e tudo seja foca na segurança pública de TODO O RS, e não apenas porto alegre.

Anônimo disse...

Isso é serio? quer dizer entao que os bandidos estarao livres para agir fora do horario dos turnos? por favor senhores, pronto socorro funciona nas 24 horas do dia, afinal nunca sabemos a hora que a doença vai bater em nossa porta, no caso, os bandidos ja sabemos, que sera fora do horario dos turnos, acertem isso ai.

Anônimo disse...

Ninguém sai de casa depois das 21h. Os ladrões agradecem a divulgação do horário. Também não teriam as localizações para facilitar a vida dessas vítimas da sociedade que tentam, desonestamente, ganhar a vida?

Anônimo disse...


Já começam a dar resultado as promessas do Sartori e seu Vice, de que vão investir na segurança pública; “ O dinheiro existe, vamos retirar de outras rubricas” e “vamos combater a violência custe o que custar”. Estas falas de efeito de suas últimas aparições públicas, acabam de se tornar realidade ao “incentivar o trabalho policial” com o anuncio de mais um parcelamento dos salários.
Desta vez não houve “coletiva de imprensa”, para anunciar os R$ 800,00 já que isto desgasta o partido, a má noticia -desta vez- veio por meio de nota oficial. O que só pode ter dois motivos; faltou coragem ao Secretário da Fazenda, ou é uma amenidade em período eleitoral.
Ocorre que o Sartori já matou o PMDB no RS, não adianta mais tentar reverter o quadro de letargia funcional de sua gestão, o estrago já foi feito, as vidas já se foram. Depois de muita insistência da população chamaram a FNSP e agora querem empregar também o Exército nas ruas. Ainda que tardias estas medidas são bem vindas, mas são temporárias. As mazelas da incompetência dos gestores do estado continuarão depois que estes reforços forem embora. Só este ano já foram embora quase 4.000 homens e mulheres da segurança pública, graças as politicas vira-latas do atual governo. Na quinta-feira 01/09, em protesto contra o parcelamento e ingerência do Executivo com a segurança pública, a PC vai parar por 15 horas, além de manter a Operação Padrão até o total pagamento da folha do mês, as demais entidades também já marcaram protestos.

Anônimo disse...

Como assim, divulgação dos horários em que o policiamento estará atuando? Isso é piada? Cronograma para os bandidos? Parece a velha piada de português, aquela em que os espiões desfilavam garbosamente num dia cívico importante. Já se vê que a piada é real no Brasil! País surreal.

Anônimo disse...

E os bandidos indo para outras cidades...