Aos 77 anos, morre Edésio Passos, diretor administrativo da Itaipu Binacional

O velório será nesta quarta-feira em Curitiba. Ele foi um dos mais importantes advogados trabalhistas do Brasil.

Era homem do PT, ligadíssimo a Lula e Dilma Roussef.

Edésio Passos morreu em Florianópolis. Foi vítima de parada cardíaca.

9 comentários:

Anônimo disse...


Se era sério, morreu de decepção.
Se era safado, morreu de medo.


Anônimo disse...

Menos um da quadrilha!

Anônimo disse...

Itaipu ainda é uma das tantas fontes de renda de Alceu Colares? Já pensou se para cada aposentadoria que recebe tivesse que trabalhar 35 anos? Estaria com quase quatrocentos anos.
Ops, é político.

Anônimo disse...

Anônimo das 17:36 acertou na mosca.

Emmanuel Carlos disse...

Vai !!!

Anônimo disse...

Advogado amigo de um violador do estado de direito?

Anônimo disse...

na cia de energia eletrica tambem tem importantes figuras. Garantem excelentes salarios, aos funcionarios, que OBRIGAM a cia terceirizar serviços.

Anônimo disse...

E o sumido Collares continua no cargo?

Roberto disse...

Vaia com Dios. Good riddance - advogado trabalhista e petista? É demais. O que deve ter no currículo!!!