Assembléia do RS poderá rejeitar pedido de aumentos salariais dos servidores da Assembléia, MPE e Judiciário

Os deputados Marcel Van Hattem, Sérgio Turra, João Reinelli e Any Ortiz, já decidiram que votarão contra o reajuste salarial dos servidores do Judiciário,Ministério Público, defensoria e Assembléia.

Eles procuram ampliar apoio na base.

A votação sairá dia 17.

Os deputados alegam que se não há aumento salarial para a imensa maioria dos servidores, que são os do Executivo, que nem sequer recebem em dia seus pagamentos, nada justifica apoio a castas.

26 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns. Que os do PMDB tenham vergonha na cara principalmente, e digam não ao aumento apenas para as castas. enquanto polícia e professores nem receber recebem.

Anônimo disse...

PERFEITO, MAS SERÁ QUE O RESTANTE DOS DEPUTADOS VOTA OLHANDO O COFRE, SE EXISTE COMO BANCAR A CONTA, SE DA ARRECADAÇÃO JÁ SE CONSOME 75% EM SALARIOS, NÃO RESTANDO GRANA NEM PRA COMPRAR UMA LAMPADA.... E OS QUE RECEBEM MENOS COMO VÃO FICAR....

OS DEPUTADOS VÃO OLHAR PARA O CONTRIBUINTE QUE SÓ PAGA E NÃO RECEBE O SERVIÇO QUE ESPERA.....

RODOVIAS--UMA MERDA, SAÚDE--UMA PORCARIA, EDUCAÇÃO--UMA PIADA....

Antonio...

Anônimo disse...

ISSO AI VAMOS COMEÇAR BOTAR ORDEM NO GALINHEIRO , CHEGA DE MORDOMIAS E PREVILEGIOS SÓ PRA UNS , OU TODOS OU NINGUEM..................

Anônimo disse...

O importante é lembrar que os professores, com a inflação de 10% do ano passado(2015), sem reposição, estão na verdade com 10% menor, assim quem recebia R$ 2.500,00, hoje recebe R$ 2.250,00.ACORDEM DEPUTADOS.

Anônimo disse...

CASTAS ????

DERAM AUXILIOS E MAIS AUXILIOS AOS JUIZES, DESEMBARGADORES, PROCURADORES, CONSELHEIROS.

QDO CHEGA A VEZ DO ESCRITURARIO FALAM EM CASTAS.


SANTA HIPOCRISIA...

Anônimo disse...

Cambada de salafrários. Esses deputados inúteis, hipócritas e caras de pau, além das inúmeras regalias que desfrutam, também recebem em dia seus polpudos salários, reajustados no ano passado, enquanto que a chamada "casta", assim ignorantemente denominada pela mídia tendenciosa e sensacionalista acumula perdas salariais de mais de 60 % a cada ano que passa. O poder judiciário é independente, possui orçamento próprio e já fez muito ao deixar que o executivo sacasse bilhões dos depósitos judiciais (esta era a "mágica" do Tarso Genro pra pagar em dia os funcionários do executivo, além de lhes absurdos reajustes salariais, mas isto ninguém comenta, não é? A nova ordem é perseguir a "casta privilegiada"), enquanto que o legislativo nunca fez nada.

Anônimo disse...

Mas isso é lógico! Como é difícil explicar o óbvio em tempos delirantes!

Anônimo disse...

aumento de impostos já e aumento para esta gente,que esta a serviço da sociedade.
quem tem que arcar com este tamanho de estado posto ai e demandado historicamente nas urnas é a gauchada, a mais politizada do Brasil.

Anônimo disse...

Poderá não! Deverá. Vou abrir campanha contra esta votação. Já ganham muito para nada. Sem pressão popular eles vão votar sim, pois as galeria estarão cheias de funcionários da AL. Não passara.

Joel

Anônimo disse...

BOA!
Os funcionários públicos petralha e assemelhados que reclamarem aqui no blog que procurem aumento na iniciativa privada!

adriano disse...

Correto, não recebemos em dia porque esses marajas vão ganhar aumento.

Anônimo disse...

Mas para aumentar o salário dos deputados, tinha dinheiro; aumentar o salário do governador, vice e secretários, tinha dinheiro; criar uma aposentadoria especial para deputados, tem dinheiro; daqui a dois anos, vão querer aumentar o salário dos deputados, governador, vice e secretários, vai ter dinheiro; agora, para OS SERVIDORES (não para as castas), que ganham tão mal quanto os do executivo (não acreditam? acessem os portais de transparência, disponíveis na internet, acessível a qualquer um), que vão gastar esta diferença nas suas cidades, gerando mais ICMS (e não em cruzeiros no Caribe), aí não tem! RS, o povo mais politizado do Brasil.

Carlos Soares disse...

Leiam o post de hoje, aqui no Políbio, intitulado "Herança maldita do governo Tarso Genro deixou o RS como o Estado brasileiro que mais compromete a receita com a folha de pessoal". é a obra prima na Lei de Responsabilidade Fiscal. Mas nada é tão ruim que não possa piorar!!! Por isso espero que os quatro Deputados citados (parabéns a eles pela iniciativa) consigam ampliar esta base, para impedir mais este desastre em nosso Estado.

Anônimo disse...

Mas apoiaram o aumento para juízes, promotores, para eles próprios etc. Esses valores, se negados aos servidores, irão para o PAE - Auxílio Moradia! Vergonha!

Anônimo disse...

Prezado Políbio:

Interessante apontar que, no caso Judiciário, o duodécimo já está definido, inclusive há reserva financeira que contempla a reposição retroativa (caso seja aprovada).

Ou seja, se a reposição não sair para os servidores, estes valores provavelmente serão utilizados para outro fim dentro deste Poder. Não sendo devolvidos aos cofres do Estado. Isso será uma dupla punição aos servidores destes órgãos.

Mas a questão é: por que estes mesmos deputados que reajustaram seus vencimentos (e de outras "castas") mudaram o argumento agora?

Anônimo disse...



Esses deputados com seus nomes de línguas estrangeiras chamar os funcionários
de casta é o cúmulo da hipocrisia.Eles já deveriam ter cumprido os seus deveres
e votado os projetos.Seus salários são polpudos acrescidos de mordomias especiais
e, certamente, não atrasam.Há cerca de 8 meses vem procastinando o andamento do
curso normal da tramitação.Aprovem ou não aprovem mas cumpram essa etapa...

Anônimo disse...

Esse tal de Marcel Não Sei das Quantas, além de feioso, é um lobo em pele de cordeiro. Nunca engoli este deputadozinho, ele é mais falso do que nota de 4 reais. Any Ortiz, uma patricinha que resolveu entrar na política porque não tinha nada de mais útil pra fazer da boa vida de luxo. É muita ironia ver dois sujeitos que sempre fizeram parte da casta da sociedade, considerar como "casta" os servidores que há mais de um ano lutam por um mísero reajuste corroído pela inflação e cuja porcentagem é inferior até ao bolsa família, além de ser uma mixaria se comparada ao reajuste prolongado que o Atraso Genro autorizou pros funcionários do executivo ("presente de grego" pro governo sucessor). Mas Deus está vendo tudo isto e um dia ainda vou ter o prazer de ver a casa cair pro lado destes deputados tiranos que estão fazendo os servidores de palhaço há meses. O tempo é o senhor da razão!

Anônimo disse...

"Os funcionários públicos petralha e assemelhados que reclamarem aqui no blog que procurem aumento na iniciativa privada!"

Funcionários públicos que pagam tanto ou mais impostos do que você e que muito contribuem pra que certos "empresários" de nariz em pé possam operar as hemorroidas no SUS.

Anônimo disse...

"Ou seja, se a reposição não sair para os servidores, estes valores provavelmente serão utilizados para outro fim dentro deste Poder. Não sendo devolvidos aos cofres do Estado. Isso será uma dupla punição aos servidores destes órgãos.

Se você não sabe, ou melhor, se recusa a saber, o Judiciário, só no ano de 2015, devolveu 500 milhões ao Executivo. Enquanto isso, o que o Legislativo fez?

Anônimo disse...

"Parabéns. Que os do PMDB tenham vergonha na cara principalmente, e digam não ao aumento apenas para as castas. enquanto polícia e professores nem receber recebem."

"Coitadinho" do pessoal do Executivo! Nada recebe, mas só de aumento, receberam um big reajuste prolongado por 4 anos. Presentinho de grego do Atraso Genro, que quebrou o estado, sucateando os depósitos judiciais pra pagar em dia pelegada do CPERS e da Polícia!

Anônimo disse...

Assassino não deveria se pronunciar!

Anônimo disse...

ISSO AI VAMOS COMEÇAR BOTAR ORDEM NO GALINHEIRO , CHEGA DE MORDOMIAS E PREVILEGIOS SÓ PRA UNS , OU TODOS OU NINGUEM..................


Ah é, bebé? Se é pra botar ordem no galinheiro, que comece, então, botando na cadeia empresários trambiqueiros que sonegam impostos e os obriguem a pagar tudinho o que devem. Assim foi feito no tempo do Collares. Não queiram descontar em quem nada tem a ver com as trapalhadas e incompetências de certos governistas.

Anônimo disse...

"Mas a questão é: por que estes mesmos deputados que reajustaram seus vencimentos (e de outras "castas") mudaram o argumento agora?"

Porque são uns hipócritas! Querem prejudicar os outros pra ficarem bem na foto, mas das regalias e do polpudo salário que recebem, disso estes dePUTAdos não abrem mão de jeito nenhum!

Anônimo disse...

"Poderá não! Deverá. Vou abrir campanha contra esta votação. Já ganham muito para nada. Sem pressão popular eles vão votar sim, pois as galeria estarão cheias de funcionários da AL. Não passara."

E você ganha muito ou pouco pra fazer o quê, além de botar o nariz onde não é chamado? É o tipo de pessoa cujo dilema de vida deve ser: já que vivo na m., vou lutar pra que os outros vivam também!

Anônimo disse...

Só tem um pequeno problema. Quando os ministros do STF receberem reajuste em seus subsidios, quero ver como os Deputados impedirâo os reajustes em cascata que recairâo nos subsidios dos Juizes e dos Promotores de Justiça. Esses sim os marajás da República. Já o reajuste dos barnabés do TJ, etc... é fácil de barrar. Será apenas o começo.

Anônimo disse...



Nada mais justo do que não aumentar essas castas.

Nada mais corajoso do que enfrentar o poder desmedido destas castas.

Só quem tem coragem, responsabilidade e não trabalha pelo populismo para enfrenta-los. O resto é um bando de lambe-botas, sim senhores e desculpe ai...!!