Padilha pede que Sartori reduza alíquota da querosene de avião para viabilizar vôos regionais

Vai chover no molhado o pedido que o ministro Eliseu Padilha fará para que o governo estadual reduza a alíquota do ICMS sobre a querosene de aviação. A alíquota atual é de 17%.

O governo não baixa nada.

O pedido é das empresas aéreas que querem retomar os vôos para o interior.

Sobre as reclamações de que o interior quer mais vôos, Eliseu Padilha lembrou que a aviação comercial é um negócio, portanto é dirigido por empresas que medem despesas e receitas.

28 comentários:

Anônimo disse...

Polibio, no mundo inteiro a aviação Regional é subsidiada assim como os metrôs.

Aqui no Brasil seguramente será assim, quando o governo passar a comprar parte da despesa da viajem esse problema estará resolvido. E assim será!

Anônimo disse...

Olá Polibio. Você pode divulgar a fonte desta notícia? Em que veículo o ministro divulgou esta solicitação?

Anônimo disse...

E por que Padilha não baixa o custo do querosene, via redução de impostos federais? A parte grande do bolo vai para os ladrões corruPTos de Brasília e as migalhas para os idiotas dos gaúchos!

Anônimo disse...

E o aeroporto de Vila Oliva? Qd sai?

Sartori pelo visto não está nem aí, pois nunca pleiteia o mesmo.

Anônimo disse...

PADILHA ESTA FAZENDO JOGO SUJO.

BAIXA IMPOSTO SOBRE COMBUTÍVEL DE AVIAÇÃO ?

MAS QUE "VOLTINHA" ESTE PESSOAL É CAPAZ DE FAZER, CRUZES CREDO MEU.

Anônimo disse...

Quem conhece os aeroportos da Infraero no interior do RS, de SC e do PR sabe o que de SC e PR são muito bem estruturados, ao contrário dos que ficam no RS. Aí é que está a resposta da diferença da aviação civil no interior desses estados, como muitos voos no PR e em SC e quase nenhum no RS.

A AZUL, por exemplo, já se queixou muito da infraestrutura aeroportuária no interior do RS. Santa Maria, Passo Fundo e Pelotas são alguns que ela se queixou.

Sem falar no aeroporto de Caxias, estadual, que é limitadíssimo, necessitando do tal aeroporto de Vila Oliva, que nem o Padilha e nem o Sartori falam.

Anônimo disse...

Interessante é o quanto os comentários são pessoais, tudo que o Padilha não faz é ruim, dai ele faz também é ruim. Que ranço!!! Que feio!!!

Anônimo disse...

Eu já manifestei várias vezes, nesse blog, que Padilha deveria ser impedido de usar o Aeroporto Salgado Filho, pelas dificuldades que vem colocando nas reformas. Acho que ele leu algum desses comentários e tomou ao pé da letra, o que justificaria a sua preocupação com os voos regionais.

Anônimo disse...

Eu já manifestei várias vezes, nesse blog, que Padilha deveria ser impedido de usar o Aeroporto Salgado Filho, pelas dificuldades que vem colocando nas reformas. Acho que ele leu algum desses comentários e tomou ao pé da letra, o que justificaria a sua preocupação com os voos regionais.

Anônimo disse...

Padilheiro, tds sabemos que vc é o fã do Padilha.

O que ele fez? Recomendou baixar impostos? Grande coisa. Ainda mais com o RS quebrado. Ele tem é que dar aos aeroportos gaúchos da Infraero a mesma infraestrutura que os aeroportos de SC e PR da Infraero tem. Essa é a grande reclamação das cias aéreas, especialmente da Azul.

Acorda, Padilha! E acorda o teu estagiário comentarista aqui do blog tb!

Anônimo disse...

Pessoais são os teus comentários defendendo o Padilha. Pessoais e sem sentido. Aqui todas as críticas dos leitores não foram pessoais e, sim, realistas. Encare a dura realidade e mande seu chefinho consertar as coisas.

Anônimo disse...

Ranço e pessoalidade é a tua relação contra o Fortunati. Aqui as críticas são pelas coisas que o Padilha não faz/fez e pelas coisas que não deveria fazer e faz/fez.

Anônimo disse...

Padilheiro Padilhista!

Anônimo disse...

Concordo que o Padilha não deveria utilizar o Salgado Filho no futuro, se não ampliá-lo.

Todavia não acho que ele esteja fazendo algo pela aviação regional gaúcha, pois apenas recomendou que o Sartori diminua os impostos. É essa a ajuda dele? E a infraestrutura dos aeroportos do interior, que são inferiores aos de SC e PR?

Vale lembrar que o pedido de redução de impostos é uma piada, considerando que o RS está quebrado. E graças ao Tarso, que acabou com o déficit zero deixado pela Yeda.

Se a União está quebrada, vale lembrar que os estados estão mais ainda e o RS é o mais quebrado e endividado dentre eles.

Anônimo disse...

Eu me assumo , meu nome é Candiota e o seu estagiário do Padilha?

Anônimo disse...

Todas as empresas pousam em poa com combustível extra e decolam com combustível mínimo. Motivo: preço!

Anônimo disse...

Há sabia que era o Candiota, fácil de entender os interesses!

Anônimo disse...

O Padilheiro agora quer colocar o Candiota no meio.

Não, eu não sou o Candiota nem o Fortunati. Sou só mais um dos tantos indignados com situação do Salgado Filho. Abra as versões online de ZH e CP e verás sempre milhares de pessoas logadas via facebook cobrando o mesmo ao comentarem as notícias que saem sobre o Salgado Filho.

Mas vc sim é estagiário do Padilha. Defende o indefensável.

Anônimo disse...

O Candiota não precisa de anonimato. Ele já deu a sua opinião em diversos órgãos da imprensa e oficialmente já faz parte do comitê em defesa do Salgado Filho.

O Políbio como coordenador do Blog consegue ver os IP's que postam em seu site aqui e consegue ver que é vc Padilheiro se passando pelo Candiota.

Anônimo disse...

O anônimo das 22:49 e das 12:05 é o mesmo Padilheiro Padilhista de sempre tentando avacalhar e tumultuar td.

Anônimo disse...

O Candiota tem interesses já divulgados publicamente e que são os mesmo dos gaúchos. Então é fácil entender os interesses dele mesmo.

Difícil é entender o interesse do Padilha e o teu, que é puxa-saco oficial dele, em querer o aeroporto de Portão, que a maioria esmagadora dos gaúchos rejeita.

Vc coloca como quem defende o Salgado Filho teria interesses indevidos. Quais seriam?

Pra mim indevido é desativar o Salgado Filho, jogando os milhões que já se investiu nele no lixo, somente pra lotear o Salgado Filho como um novo condomínio fechado e visando meramente a liberação das restrições construtivas no entorno dele, como abertamente declarou o Presidente do CREARS.

Ninguém disse ainda quem são os donos das terras de Portão.

Anônimo disse...

Os interesses que são os mesmos de todos os gaúchos? Bem diferente do de Padilha e o teu em querer Portão.

Anônimo disse...

Kkkkkkk

Até parece que o Candiota precisa se esconder sob anonimato, o cara já falou publicamente sobre a sua defesa do Salgado Filho.

Anônimo disse...

O Candiota tem mais o que fazer do que bancar o anônimo só pra discutir com o puxa-saco do Padilha.

Ele tem posição aberta em prol do Salgado Filho e está trabalhando abertamente para tanto.

A participação do puxa-saco do Padilha é que é muito estranha.

Anônimo disse...

Recado ao puxa-saco do Padilha, que agora deu tb pra se passar aqui pelo Candiota:

Tu já caluniastes o Fortunati (terás que provar a acusação criminosa que falastes em juízo), pretendes agora levianamente se passar pelo Candiota? Quer colecionar ações judiciais?

Anônimo disse...

Xiiiiiiii........Xiiiiiii.........Justo agora que o tiririca dos pampas, planeja aumentar impostos com o beneplasto do povo gaúcho, a Ministro pede redução de ICMS?

Anônimo disse...

Ei não caluniei o Fortunati, tudo que disse é verdade, as obras da copa estão quase dois anos atrasadas, a vila Nazaré e dickmestão lá e avenida tronco ta parada, as pessoas odeiam o binário a Protasio Alves está um caos o rebaixamento da Carlos Gomes nem se fala e o viaduto Leonel brizola dispensa comentários... Qual a calunia ai?

Anônimo disse...

É uma piada..l olha a matéria da ZH de hoje e veja qual a popularidade do governo Fortunati. Não viaja!!!