MPF conseguiu reaver R$ 86 milhões do dinheiro sujo depositado por Pedro Barusco na Suiça

O Ministério Público Federal confirmou esta noite que já estão no Brasil, na Caixa Federal, os R$ 86 milhões de dinheiro sujo que o ex-gerente da Petrobrás, Pedro Barusco, recebeu de propinas das empreiteiras do Petrolão.

O dinheiro voltou da Suiça.

É 1/3 do que Barusco prometeu devolver.

Mesmo diante da montanha de dinheiro sujo, o PT e gente como Tarso Genro, Lula e Dilma, continuam questionando o julgamento do Lava Jato, desqualificando o juiz do caso, Sérgio Moro e aplaudindo Teori, Mendes e Toffoli por libertarem os que ainda não falaram e nem devolveram dinheiro que roubaram da Petrobrás para encorpar os cofres do Partido dos Trabalhadores e dos seus candidatos. 

2 comentários:

Anônimo disse...

Esses R$ 86 milhões são troco pro cafezinho, dentro da roubalheira petralha! A PF deve descobrir onde o Lula e a Dilma estão escondendo o nosso dinheiro!

Anônimo disse...

países que o Brasil perdoou as dívidas são de ditadores, neste lugares o dinheiro público é dinheiro dos governantes, tudo junto, aí é que está o dinheiro dos petralhas.