Caminhoneiros prometem parar amanhã, caso governo não atenda suas reivindicações ainda hoje

Os caminhoneiros prometem paralisar amanhã, caso suas reivindicações não sejam atendidas pelo governo federal, na reunião que terão daqui a pouco, 14h,  com o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto. O ministro reúne-se com representantes da categoria. O encontro está marcado para as 14h, na sede da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília.


A principal exigência dos caminhoneiros se refere à criação de uma tabela com preços mínimos para o frete

Nenhum comentário: