STF manda junta médica avaliar estado de saúde do vereador tucano Marco Prisco,líder da greve da PM da Bahia

 O ministro do STF Ricardo Lewandowski determinou hoje que uma junta médica formada por servidores da corte avalie o estado de saúde do vereador Marco Prisco (PSDB), que liderou a greve da PM baiana e cumpre prisão preventiva de 90 dias na Papuda, em Brasília.

. O líder sindical sofreu um infarto depois de rebelião na Papuda, durante a qual foi ameaçado de morte por suspeita de que na sua qualidade de PM fosse informante do governo. 

.Ninguém sabe como é que Prisco foi parar na Papuda, já que foi preso na Bahia por ordem do governador petista Jaques Wagner. 

. A decisão atende a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot; dois médicos do Supremo terão 48 horas para elaborar um relatório clínico sobre o vereador e a conclusão será levada em conta pelo ministro para decidir se Prisco cumprirá prisão domiciliar, conforme solicitação de sua defesa

6 comentários:

Anônimo disse...

O vereador parou em Brasília como uma vingança esquerdopata. Pensando bem, já que existe o precedente, mandem os mensaleiros para passarem uma temporada no Presídio Central de Porto Alegre.

Anônimo disse...

Pelo que se sabe o vereador foi preso por ordem da Justiça Federal já que responde por crime contra a Lei de Segurança Nacional (sim ela existe e foi aplicada neste caso), em decorrência de ter chefiado greve de policiais na Bahia.
O estranho no caso é que muitos petralhas já chefiaram greves de policiais e/ou instigaram que policiais fizessem greve, como segundo consta já foi o caso do próprio governador da Bahia e nunca antes neste país depois de 1988 alguém foi denunciado com base na LSN.
Eu entendo que se o enquadramento do fato típico esta correto nada a reclamar a não ser a falta de isonomia comparado com os outros casos, inclusive aqui no RS.

Anônimo disse...

Esse caso está passando batido pela grande mídia e analistas políticos, mas é um caso prá lá de escabroso. Por quê este homem está preso? Liderar greve dá cadeia, desde quando? Nem no regime militar aconteceu tal fato. É uma vergonha.

Anônimo disse...

Saber todo mundo sabe,são questões políticas,nada mais.Estava incomodando o Governador do PT Jaques Wagner.Isso só acontece em terras de Tapuias.

Anônimo disse...

Os mesmos médicos que atendem lá na Papuda o Ex- Dep José Genuino, que também tem problema de coração podem atendem o vereador do PSDB, que, ao contrario que o editor aplica, digo, escreve, digo, mente foi preso por ordem da Justiça Federal.

Anônimo disse...

O vereador é preso político, senão em cada greve teríamos sindicalistas presos, mas como estes são de esquerda, ficam livres. Se nós temos aqui uma democracia então a Rose é miss universo! Arghhh!