Editor usa Lei de Acesso a Informação e protocola pedido de cópia da Ata sobre a compra da refinaria Pasadena

A foto é de hoje, segundo recorte feito pelo editor. É bom notar que se trata de um empreendimento bem modesto.



O editor protocolou nesta sexta-feira na Petrobrás o  pedido de cópia da Ata 1.268 de 03 de fevereiro de 2006, do Conselho de Administração, onde consta a aprovação de compra da refinaria de Pasadena.

. O pedido foi feito de acordo com a lei de Acesso à informação nº 12.527/2011, parágrafo primeiro do Artigo 11, fazendo com com que a informação tenha de chegar até 20 dias, protocolado que foi o pedido no dia 21 de março

. O prazo máximo é, portanto, dia 10 de abril.

CLIQUE AQUI para ler notícia da época da contratação da compra da refinaria americana. 

11 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pela iniciativa, caro Políbio!

Será que a "oposição" já fez o mesmo?

Almirante Kirk

Anônimo disse...

Que legal essa lei da Transparência né, editor? Quem fez ela? O PSDB? O DEM? O PP? A ditadura militar? Conta pra nós quem teve a brilhante ideia de formular essa lei.

Anônimo disse...

Políbio,
A própria CVM tem autoridade para requisitar qualquer ata de uma cia. de capital aberto e disponibilizá-la ao público. Se pedir para a CVM consegue mais rápido.

CARLOS SGARBI disse...

Vc como simpatizante da turma da TUCANALHA, nao deveria utilizar instrumento criados pelo LULA, nao acha? Imagine que vc esta no periodo FHC, e fique esperando que caia do ceu esta informacao. Pois era assim na epoca em que o FHC e seus ÇABIOS estavam no poder. Vc lembra, ne editor?

Anônimo disse...

Mante uma cópia pro CARLOS SGARBI, senão volta bostar textos aqui na tua sala, Polibio!

Anônimo disse...

Pela foto percebe-se que a refinaria é da década de 50! A polícia federal deveria fazer uma busca da grana de cada PeTralha, que está em paraísos fiscais, e solicitar a devolução para ressarcir os cofres públicos. Começando pelo dinheiro do Barba e o Lulinha.

Anônimo disse...

aproveita e pede ao FHCat o acesso a venda da Vale ao Bitto a venda da CEEE CRT etc....você é uma piada....

Anônimo disse...

Quem fez a lei foi o congresso, apos muits pressao popular. So numa ditadura uma pessoa ou um grupoladrao pode fazer uma lei conforme o anonimo petralha das 15:45 diz.

Paulo disse...

Anônimo das 15;45, realmente, esta lei é importante, pena que o próprio governo não a respeita. Qual a razão do sigilo dos empréstimos feitos à Cuba? Qual a razão do sigilo do Programa Mais Médicos? Qual a razão das escapulidas secretas da Dilma quando na Europa?

Anônimo disse...

Mas que imbecilidade do Anônimo das 15:45 posto que por mais que essa Lei seja obra do PT (não confirmei esse dado)esse mesmo PT foi o que mais relutou e ainda reluta a aplicar este diploma legal Brasil afora, basta vermos o Sr. Atraso Genro e a demora em abrir a caixa preta de seu governo, além de outros recantos deste Brasil, pois pode aparecer a "festa" PTista em cargos e salários. Enquanto isso na era FHC foram gestadas diversas leis de curial importância para o País, desde a estabilidade financeira, passando pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a Emenda Constitucional 19, de meridiana importância, porquanto organizou administrativamente todo o Estado Brasileiro, desde cargos e salários da Administração Pública, até aposentadorias etc, além de outras tantas leis que o "glorioso" PT faz questão de vilipendiar, transformando o País nesse imenso mar de lama sem fim e sem perspectivas, pobre juventude, pobre povo brasileiro, não é à toa que até marcha pela volta dos militares estão organizando. Resumindo, FHC fez a cama para o "Barba" deitar e rolar juntamente de seus asseclas e de sua sucessora de dois neurônios que nem uma frase consegue expressar sem que falte conclusão lógica. A Petrobrás é o caso emblemático de tudo isso...

NEWTON disse...

Anônimo das 8:10, O que as empresas de telefonia privatizadas, arrecadam de impostos anualmente aqui no estado, supera o valor recebido ( atualizado )pela venda da CRT. Pergunta para o Tarso, se ele aceitaria concorrer a reeleição, caso perdesse 26% do faturamento bruto das teles aqui no estado. Eu não diria que tu és uma piada, mas uma desgraça aos reais interesses do povo gaúcho.