Bode expiatório - Crise na Petrobrás provoca demissão de diretor da BR Distribuidora

Oito anos depois, premiado com a diretoria Financeira da BR depois da fatídica reunião, o governo manda demitir Cerveró, tentando emplacar a teoria do bode expiatório. Resta saber se Cerveró aceitará calado a desmoralização pública para salvar Dilma e seus comparsas. 

O atual diretor Financeiro da BR Distribuidora, Nestor Cerveró, acaba de ser demitido por ordem direta de Dilma Roussef. Ele foi o principal redator  do chamado "resumo técnico" que teria sido entregue ao Conselho da Petrobrás em 2006 para justificar a compra da refinaria Pasadena.

. Dilma responsabiliza o resumo "falho" e "incompleto", por seu voto equivocado e pela compra mal feita.

. Acontece que de lá para cá a presidente nada fez para corrigir seu "erro", mas até pelo contrário, porque premiou Nestor Cerveró com a presidência da poderosa distribuidora da Petrobrás. Só agora, diante do escândalo, resolveu fazer alguma coisa. Nestor Cerveró ainda não falou - mas vai falar.

19 comentários:

Anônimo disse...

Parece que ele vai escrever um livro como o do Tuma Junior contando toda a verdade sobre o mundo do petróleo. Daí o editor pode postar trechos diariamente nos anos de 2015, 2016 para tentar enfraquecer o PT. Tudo isso, claro, se o editor ainda estiver vivo até lá.

Anônimo disse...

Pô. A Faxineira passou sete anos jogando sujeira para debaixo do tapete. Pode isto?
Não dá prá confiar mais em faxineiras.

Anônimo disse...

Precisamos colocar a Yeda Crusius e o Brito na Petrobras. Yeda implantará o déficit zero e Brito o ticket do leite e a sacola do Vovô.

Anônimo disse...

Lá vai o milésimo boi de piranha, daqui a pouco vai faltar peão para assumir as culpas dos chefes da quadrilha do P-PT de tantas trampas!

Anônimo disse...

facinho dementender! O G1 diz o que ocorreu: condenção judicial. O bacana é que o estado brasileiro paga condenação lá de fora.

Aqui dentro o calote corre solto. Veja a causa :

Por que a Petrobras foi acionada na Justiça pela empresa belga?

Por que a Petrobras foi acionada na Justiça pela empresa belga?
A sócio da Petrobras em Pasadena, a Astra Oil, entrou na Justiça em 2008 após as duas não chegarem a acordo sobre investimentos na refinaria. Naquele mesmo ano, a Petrobras, segundo informações passadas na nota divulgada pela presidente Dilma, descobriu e questionou as duas cláusulas do contrato, Put Option e Marlim. Esse questionamento ajudou a aumentar a desavença entre as duas empresas. A decisão judicial saiu em 2010, quando o juiz federal do Texas ordenou que a Petrobras comprasse a parte da Astra Oil. A estatal recorreu, mas perdeu o litígio também na Câmara Internacional de Arbitragem de Nova York e em Cortes Superiores norte-americanas.

Anônimo disse...

facinho dementender! O G1 diz o que ocorreu: condenção judicial. O bacana é que o estado brasileiro paga condenação lá de fora.

Aqui dentro o calote corre solto. Veja a causa :

Por que a Petrobras foi acionada na Justiça pela empresa belga?

Por que a Petrobras foi acionada na Justiça pela empresa belga?
A sócio da Petrobras em Pasadena, a Astra Oil, entrou na Justiça em 2008 após as duas não chegarem a acordo sobre investimentos na refinaria. Naquele mesmo ano, a Petrobras, segundo informações passadas na nota divulgada pela presidente Dilma, descobriu e questionou as duas cláusulas do contrato, Put Option e Marlim. Esse questionamento ajudou a aumentar a desavença entre as duas empresas. A decisão judicial saiu em 2010, quando o juiz federal do Texas ordenou que a Petrobras comprasse a parte da Astra Oil. A estatal recorreu, mas perdeu o litígio também na Câmara Internacional de Arbitragem de Nova York e em Cortes Superiores norte-americanas.

Anônimo disse...

Editor, será que agora o Brasil quebra? Faz SÓ 12 anos que venho ouvindo essa história. Desconfio que alguém está mentindo pra mim.

elias disse...

Nunca antes nesse pais um poste foi e é tão burro, hein? Tem dificuldade até para se expressar! E tem 40% de intenção de voto - pode? Para que eu quero descer.

Anônimo disse...

Políbio,
Uma coisa podes ter certeza: nesse meio do petróleo, a maior indústria mundial, não tem bobo nem tolo, os que seriam, foram para outras atividades. Portanto, ninguém paga a mais por não saber. A Petrobras que já executou dezenas de projetos, sabe muito bem avaliar quanto valem ativos nessa atividade. Até porque, não se pode alegar displicência numa negociação dessas pois não é toda hora que se compra uma refinaria pronta, de centenas de milhões de dólares, em outro país.
Deveriam aproveitar a bolada e indagar ao Lula que transferiu duas refinarias para a Bolívia por pouco mais de 100 mihões de dólares.

FAÇANHA, o advogado do povo disse...

Esse episódio prova a total incompetência de DILMA ROUSSEF, para quem não a conhece, como nós os porto alegrenses.

Anônimo disse...

Mas o bode pode berrar.

BERRRRRAAAA BODE!

Anônimo disse...

É como se diz..: é só prá inglês ver. Depois de não conseguirem abafar a roubalheira da petebrás, a Coisa resolve demitir esse indivíduo. Conversa, a roubalheira é tanta, que tem roubo em tudo que é ministério. Não é por outra que querem emplacar o MARCO CIVIL DA INTERNET, censura na internet, coisa de país totalitário.

Anônimo disse...

Não acredito que ele vai abrir a boca. Obedece aos chefes. Sabe que no fim acaba em pizza.

Anônimo disse...

Estes direitistas só sabem atacar a honrada presidente Dilma e o PT, não sabem de nada do que aconteceu. Se desejarem saber devem consultar a Velhinha de Taubate, que inclusive morou nos EEUU e gosta muito de dolares e euros.

Anônimo disse...

Eu quero saber quanto deste dinheiro foi realmente para a empresa belga...

Cosip disse...

Pagar por uma empresa 30 vezes o que ela vale???
Devem ter feito duo diligence, contratado consultoria externa, auditoria....
Constatado erro rapidamente, 8 anos depois demitem o "causador" da desinformação!!
A não decisão da comissão arbitral pela Dilma custou mais 170 milhões de dólares

Cosip disse...

Pagar por uma empresa 30 vezes o que ela vale???
Devem ter feito duo diligence, contratado consultoria externa, auditoria....
Constatado erro rapidamente, 8 anos depois demitem o "causador" da desinformação!!
A não decisão da comissão arbitral pela Dilma custou mais 170 milhões de dólares

Carlos Petry disse...

A petroleira belga Astra Oil entrou com processo lá em 2008 (há 6 anos), isto após tentativas de acordos. A Petrobrás foi condenada, recorreu e a condenação foi mantida.
E, AGORA EM 2014, NINGUÉM SABE DE NAAADAAA ???????

Garivaldino Ferraz - Brasília disse...

Certamente o tal Cerveró, de origem espanhola, já deve estar na península Ibérica, com um passaporte de algum irmão morto!