Motim abala posição de Agustin na Secretaria do Tesouro

A revolta do corpo técnico do Tesouro Nacional com a condução da política fiscal comandada pelo secretário Arno Augustin foi um dos assuntos tratados pela presidente Dilma Rousseff com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em reunião na manhã desta quinta-feira, no Palácio da Alvorada. A notícia é do Estadão de hoje.

De acordo com fonte graduada do Palácio do Planalto, a presidente não gostou de descobrir uma crise numa área sensível e crucial do governo federal e cobrou que deveria ter sido informada da reunião que ocorreu no dia 22 de novembro no Ministério da Fazenda entre o secretário do Tesouro, Arno Augustin, todos os subsecretários da instituição e todos os 11 coordenadores-gerais, onde a insatisfação é mais forte. Na ocasião, os técnicos fizeram uma apresentação ao secretário sobre a condução da política econômica e da política fiscal, em especial, e apontaram dificuldades crescentes para a rolagem de títulos no mercado - por conta do mau humor de investidores, o Tesouro tem sido obrigado a pagar taxas de juros cada vez maiores nos títulos que oferece. Esse movimento encarece o perfil da dívida pública brasileira, e os técnicos temem que isso se retroalimente.

. Internamente, o movimento de revolta dos técnicos do Tesouro tem sido chamado de "motim" por outros servidores. Uma fonte qualificada da área econômica afirmou ao Broadcast que "o clima está pesado" nos corredores do Ministério da Fazenda. Dilma cobrou de Mantega explicações sobre o fato de subordinados de Augustin estarem incomodados com a gestão dele.

- Oficialmente, o Tesouro afirma que não enfrenta dificuldades para rolar os títulos no mercado, e que as metas do Plano Anual de Financiamento (PAF) serão cumpridas com folga.

13 comentários:

Anônimo disse...

esse tu conheces bem, hein Polibio?

sempre dissestes aqui o que estaria por vir quando esse sujeito fosse ocupar a cadeira onde agora se encontra...

dito e feito...

Anônimo disse...

Ela não soube do motim na sua loja de 1,99 também! Aliás, é a tônica petista não saber de nada!!!!

Anônimo disse...

O que eu estranho é :

- Como nenhuma entidade ligada a contabilidade representou contra o criador desta bandidagem, a tal contabilidade criativa?

- Porque não houve nem tentativa de CPI contra as práticas que este secretário do tesouro faz desde 2010, de maquiar números?

- Porque contadores que falseiam informações de empresas são processados por formação de quadrilha e estelionato, e estas mesmas práticas que o governo faz na maior cara de pau é chamada de contabilidade criativa e fica por isso?

Anônimo disse...

Vejam no endereço abaixo outro exemplo de gestão com "competência":

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2013-12-05/equipamento-da-petrobras-preso-no-porto-do-rio-gera-prejuizo-de-r-15-bilhao.html

Anônimo disse...

Este cara achou que ia aplicar o mesmo migué que aplicou aqui no RS. Lá para cima os caras não são trouxas que nem os daqui.

Anônimo disse...

Anônimo das 18,43. É assombroso o que os petralhas estão fazendo com a Petrobrás. É semelhante o que os bolivarianos na Venezuela fizeram com a PDVSA.

Anônimo disse...

Uma pergunta: esse tal de Agustin por acaso é petista?

CARLOS SGARBI disse...

Vc nao conhece nem o que se passa aqui pelas terras sulistas, e quer "imaginar" o que se passa dentro de uma Sec Tecnica em Brasilia...

Mordaz disse...

Imagina se o eleitor comum entende o que se passa. Ele vota na carinha do candidato e não na política real. Está aí Lula e o Tiririca para mostrar o nível (ou melhor, a falta dele) do eleitor.

Luiz Vargas disse...

Como a organização ParTido criminosa PeTralha preza a filiação ParTidária, a obediência cega de seus mujahedins às ordens recebidas dos aiatolás superiores. Preza e estimula um vínculo de arraigada e ferrenha identidade ParTidária no qual o ParTido se sobrepõe inclusive aos interesses maiores da Nação, gerando com isto uma total aPaTia e desprezo pela competência e seriedade no trato da coisa pública.
A comPeTência deste bando de esPerTalhões se resume em PeTralhizar e ParTidarizar empresas e instituições públicas e em colocar em malas, malotes e cuecas os proveitos sub-reptíciamente auferidos na intermediação e venda de bene$$e$ e benefício$.
A tendência futura em qualquer cenário é a desorganização e o caos.
Os PeTralha$ são muito bons especiali$ta$ em se apropriar da coisa pública, mas são péssimos quando se trata de administrá-la e gerenciá-la de maneira plural e digna. Sabem administrar muito bem o próprio bolso, de preferência levando algum em negociatas ou metendo a mão sorrateiramente no bolso do próximo.
O "contabilista" Augustin, criador da contabilidade criativa e empulhativa foi secretário da fazenda no mandato de que governador?
Sim, dele mesmo, o cumpanhero Truta! O mais incomPeTente e tabacudo governador que passou pelo Piratini.
Mas parece que em breve o Truta perderá este título.
Há um forte candidato que em breve será agraciado com este título deixando o cumpanhero Truta com a segunda colocação.
Um certo peremPTório embu$teiro está conseguindo a façanha, sem muito esforço e contando com o auxílio de muitos factoides, de ser mais incomPeTente e inePTo que o cumpanhero Truta.

Anônimo disse...

Sagarbi! Vá cuidar de teu estado, São Paulo.

Anônimo disse...

Não mande o Sgarbi cuidar de São Paulo.Deixe com o Alkimin que está ótimo, estamos em boas mãos.Nova pesquisa demonstrou que as 3 Universidades Estaduais de São Paulo ficaram entre as 100 melhores dos países emergentes.Das Federais só a do Rio de Janeiro consegui ficar entre as 100 atrás das 3 de São Paulo,USP,UNICAMP e UNESP.Cadê os Grandes Ministros da Educação Haddad e Mercadante?No desempenho Estadual do PISA,São Paulo ficou em 7º lugar entre os 27 Estados Brasileiros o que elevou a nota do Brasil,já que São Paulo tem 42 milhões de brasieiros morando no Estado.Minas,Paraná e São Paulo ficaram bem na fita todos administrados pelo PSDB.Ver lista no Google.

Anônimo disse...

É que todo lugar tem cloaca, Anonimo das 17:16. Esta é a parte de São Paulo pro Sgarbi cuidar!