Fortunati anunciará esta manhã severo pacote de contenção de investimentos e despesas. Prefeitura está sem dinheiro.

O prefeito José Fortunati anunciará esta manhã forte ajuste nas contas da sua administração. Elas conterão medidas de curto, médio e longo prazos, com corte de investimentos e redução de cargos em comissão.

. O prefeito só manterá intocáveis as áreas de saúde, educação e assistência social.

Antes da entrevista coletiva na qual anunciará as medidas que serão adotadas para enfrentar a crise nas finanças da prefeitura, o prefeito apresentará o pacote aos vereadores da base aliada. O encontro está marcado para as 11h.

. Obras sem garantia de desembolso regular, decorrentes de mau planejamento e até inexistência dele, foram iniciadas e consumiram todo o dinheiro da prefeitura, que no ano passado registrou o primeiro déficit em dez anos. A prefeitura está sem dinheiro. 

14 comentários:

Anônimo disse...

Inventaram de investir nesta bobageira toda para copa e o governo federal deu calote.
Corte tudo que diga respeito à copa e priorize o restante.

Gil Rikardo disse...

Vamos ver se corta a própria carne, a começar pelos CCs, DÚ-VI-DO...

Anônimo disse...

Está aí o resultado das administrações Foga$$ a/Fortunati. Péssimos prefeitos que afundaram nossa cidade.
Defendam eles. ..

Anônimo disse...

Mas, só agora que o Fortunati e todos os outros Prefeitos do Brasil estão sem dinheiro. Desde o ano passado com a redução de IPI e outras isenções que começou a afetar as finanças das Prefeituras. Mas onde estão os Secretários da Fazenda..Eles não tem um fluxo de caixa??????Amadores metidos a entendidos....políticos rasteiros....agora o prejudicado quem é? O povão....e ainda votam neles....

Anônimo disse...

Só este moscão para perceber que a pilha colocada para ter POA como uma das sedes da Copa era para ferrar a cidade e pavimentar a volta da Petralhada. Ora, até os meio-fios das calçadas sabiam que o governo federal não repassaria dinheiro para as obras e sangraria a Prefeitura; afinal, ano que vem teremos eleições.

Flávio Paranhos disse...

Bem faz o Prefeito Fortunati. Segurar despesas, racionalizar custos, eliminar desperdícios é sempre importante em qualquer gestão. Aliás, é algo que Tarso Genro não aprendeu, não aprende e jamais aprenderá. E tudo isto com a força da boa e velha RBS, ajudando o PT a desgovernar e, com isso, garantindo que a tchurma não vai tentar, de novo, invadir seus prédios de modo insultante, nojento e asqueroso. Eu desconheço o PT e desconheço esta RBS. Ela diz "a gente faz com você", mas parece que é, de fato, contra o bom-senso e a lógica, valores que ela sempre preservou. Esta não é a minha RBS.

Anônimo disse...

Com apoio de 14 partidos em torno de Fortunati, quantas Secretarias e quantos CCs tem o municipio? resposta: Não sei.

Anônimo disse...

Mais um administrador publico incompetente (e talvez corrupto).

Anônimo disse...

Caro Gil Ricardo, os CCs são intocaveis, o corte com certeza será nas horas extras dos operários, justamente a classe que mais trabalha e menos recebe, prá vc ter uma idéia qualquer NS (nivel superior)com vencimentos de +/_ com basico de cr$ 2.300,00, no final com penduricalhos chega de 9.000, a 12.000,00. Mas o corte tem que ser no operariado com média de 1.600,00.


Eduardo Menezes

Anônimo disse...

Que Fortunatti pare de desperdiçar dinheiro com idiotices do tipo "ciclovias", que ficam ociosas e inúteis 90% do tempo...

E só servem para agradar a minorias raivosas...

Anônimo disse...

Políbio,
Tenho um projeto de construão de 10 (dez) apartamentos. Coisa simples. Pois, estamos a 15 (quinze) meses, esperando que se dignem a liberá-lo.
É um martírio!
Calcule o déficit de 100.000 metros quadrados por mes que deixam de ser construídos. O que pagariam de IMPOSTO.
Assim não há solução.

Anônimo disse...

Fortunati mandou o Prof. Ilmo para casa, colocou uma arquiteta a cuidar do orçamento, ela afastou o pessoal do quadro, que embora do PT entendiam de orçamento público, adiantaram os recursos de obras, ficaram sem dinheiro e nem perceberam. Porto Alegre vai parar.

Anônimo disse...

Não é falta de dinheiro do governo federal, é falta de projeto, a Caixa tem recusado sistematicamente os projetos primários que são entregues.

Anônimo disse...

39 secretários e 1000 CCs.