Servidores da saúde protestam pelo País contra "importação" de médicos

Servidores da saúde foram às ruas nesta quarta-feira em várias cidades do País para protestar contra a proposta do governo federal de trazer médicos estrangeiros para atuar no país. Manifestantes realizaram protestos no Rio de Janeiro, Pará, Florianópolis, Paraná, Piauí e Maranhão.

. Em Porto Alegre, a concentração, a partir das 16h, será em frente ao Hospital Beneficência Portuguesa. De lá, os manifestantes seguirão até o Palácio Piratini.

6 comentários:

Anônimo disse...

Tem medico que eu conheço que esta P da cara com esta importação, mas tudo que tem el casa eles trazem de Miami e adoram mostrar aos amigos o quanto economizaram! Que sejam bem vindos os Cubanos também...

Anônimo disse...

NÃO SÃO MÉDICOS, SÃO TERRORISTAS CUBANOS.
O BRASIL ESTÁ IMPORTANDO TERRORISTAS.

Anônimo disse...


Hoje, qualquer um vai a Miame. Não precisa ser médico!!

Gil Rikardo disse...

No início até simpatizei com o grito dos médicos brasileiros, mas após ler, reler e treler várias matérias, inclusive uma de 2003 que o PT não aprovou - aumento no número de vagas para medicina devido à pressão do lobby corporativista, reavaliei meus conceitos e conclcui que a matéria não é tão simples quanto se apresenta, no entanto, sou favorável a "importação" de médicos reconhecidamente competentes (com avaliação)... existe a importação de engenheiros e não vejo ninguém reclamar... por quê será?

Anônimo disse...

Esses vagabundos que tratem de pagar os estudos de graça na Federal, com serviços para a comunidade pobre dos postos de saúde.

Anônimo disse...

Quantos hospitais públicos de grande porte foram construídos nos últimos 12 anos?500, ou 200 ou 80, pelo menos uns 30, ou será que menos de 10?