Espiões do governo Dilma, PT, espionam até governadores aliados

A revista IstoÉ desta semana passou a informação de que um espião da Abin foi apanhado nas proximidades da casa do governador Sérgio Cabral e levado para a delegacia.

. Tem sido intrigante a presença de agentes do governo Dilma Roussef, PT, em sites sob administração de governadores de outros Partidos.

. O caso mais escandaloso mais conhecido foi dos quatro espiões da Abin que foram presos no porto de Suape, xeretando as ações do governador Eduardo Campos, PSB.

. Sobre outros casos nada vazou - ainda.


. O governo Dilma Roussef usa a espionagem em larga escala.

5 comentários:

Anônimo disse...

Ditadura...

Anônimo disse...

Caro Editor. Este é o papel de um comissário de partido.

Na segunda guerra, os comissários tinham a função de matar na hora os russos que recuassem na frente de batalha. Pasmem , eles não eram orientados a matar alemães, mas sim os membros do exercito do povo russo.

Os malditos ficavam logo atrás das fileiras fazendo mira nos companheiros que voltavam. E voltavam porque tinha racionamento de balas e fuzis.

O comunismo é assim, a ideologia é que vale, o povo é um detalhe.

Anônimo disse...

O paulista Carlos Sgarbi deve estar nessa, do setor de informática!

Anônimo disse...

Acho que esse Sgarb não é paulista.Paulista não tem idéias malucas que ele tem.

Anônimo disse...

Tens que ver, anonimo das 18:14, em São Paulo há muitos, e não são poucos, de fora.

Os paulistas da "gema", nativos não tem idéias malucas e são antiPTISTAS e antiSINDICALISTAS.