Alto número de mortes fez Bolsonaro mandar ajuda das Forças Armadas ao povo de Pernambuco

Foto do Diário de Pernambuco.

O elevado número de mortes em poucas horas foi que levou o presidente Bolsonaro determinar a imediata ajuda das Forças Armadas ao povo de Pernambuco.

As chuvas que atingiram o estado Pernambuco nos últimos dias e que deixaram ao menos 34 mortos desde quarta-feira devem continuar com intensidade forte na região metropolitana do Recife neste domingo. A previsão é da Apac (Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), que no sábado renovou alerta máximo de chuvas por um período de 24 horas.

CLIQUE AQUI para saber muito mais. São matérias do Diário de Pernambuco deste domingo.

3 comentários:

Anônimo disse...

Ahh mas estas casas na costa do morro, com vista panorâmica, com o terrreno por uma pechincha.
Uma hora da problema né, iguais as pessoas que querem ter vista para o rio. Uma hora ele enche

Anônimo disse...

A ajuda vale muito, mas a responsabilidade total é de prefeitos e do governador.
Evitar a ocupação desordenada em áreas de risco é tarefa deles !

Anônimo disse...

No Brasil a polícia e os militares estão sempre enchugando gelo, quebrando galho, se virando e amenizando problemas que os políticos já deveriam ter resolvido há décadas.

Habitação e urbanização já poderiam ter sido feita há muito tempo em várias regiões. Nas promessas existem, mas nunca cumprem. O dinheiro para essa área vai para pagar dívida pública, altos salários do funcionalismo, propaganda, fundo partidário e inúmeros benefícios que só melhora a vida dos políticos e puxa-sacos profissionais. De quem paga altos impostos, ou seja, para a população pouco melhora.