Faurgs tinha contrato de R$ 6 milhões com o Banrisul

Repercute em todo o País a denúncia feita por Veja, segundo a qual a Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), manteve até o mês de outubro passado um contrato de quase R$ 6 milhões com o Banrisul, banco estatal controlado pelo governo do Rio Grande do Sul, cujo titular, Eduardo Leite, disputa a indicação tucana para disputar a presidência da República. 

O contrato foi assinado por Cláudio Coutinho Mendes, presidente do Banrisul indicado por Leite, e vigorou por doze meses, entre outubro de 2020 e outubro de 2021.

Faurgs e Banrisul defenderam-se em notas.

A denúncia feita por Veja tenta vincular o contrato do PSDB com os contratos do Banrisul com a Faurgs.

3 comentários:

Anônimo disse...

PSDB é sinônimo de FALCATRUA e incompetência. Talvez o paulista de Pindamonhangaba ( terra do Alckmin ) O famoso Paulo Preto do rodo anel + metro + merenda escolar- por uns 500 milhões por fora resolva a parada.

Anônimo disse...

umm, isso explica, eu já tava me peguntando mesmo, por que haviam escolhido a Faurgs...

Anônimo disse...

Aí tem TRETA !
Onde tem psdb tem muTRETA !