Adeus, Shoptime: aplicativo aposta em vendas ao vivo por streaming

Esta reportagem publicada no site NeoFeed de ontem  e assinada por Eloá Orazem, conta que quem sabe faz – e vende – ao vivo. O live shopping, um conceito que mistura entretenimento com o comércio e já é bastante popular na China, acaba de desembarcar nos Estados Unidos.

Ele chega aos Estados Unidos através do aplicativo Spin Live, um marketplace na qual varejistas e influenciadores digitais podem se inscrever para transmitir vídeos ao vivo e vender diretamente aos usuários.

Leia tudo:

“Começamos a testar alguns modelos e funcionalidades em 2016, mas a pandemia do novo coronavírus fez os vídeos ao vivo se tornarem mainstream e achamos que a oportunidade para lançar esse aplicativo não poderia ser melhor”, disse ao NeoFeed Brian Wiegand, fundador e CEO da Spin.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

4 comentários:

Anônimo disse...

Lei das Fake News + abuso de poder religioso do Fachin e STF = Ordem da China para perseguir as Religiões.

Anônimo disse...

Daqui a pouco inventam um aplicativo que seja tão somente um catálogo com os produtos, um mecanismo de pesquisa e que tu possas pagar e pedir o envio do produto, sem que tu tenhas que aturar um chato querendo te empurrar alguma coisa ao vivo... kkkkkk Vai ser a grande "novidade" que vai tomar conta do e-commerce... kkkkk

Anônimo disse...

Só idiotas compram nesse shop, como cconseguem vender tanta porccaria por preço várias vezes maior que o real.

Anônimo disse...

Mais um potencial ancora para a globolixo sai do mercado, agora só restam os pastores da universal para salvar a depravada da falênccia.