Veja e ouça o dr. Ariel Zimmermann, médico infectologista da Santa casa, Porto Alegre. Ele mostra como o lockdown é um erro tremendo.

A pedido do editor, o jornalista Glauco Fonseca extraiu o vídeo a seguir do Facebook do dr. Ariel Zimmermann, médico infectologista da Santa Casa de Porto Alegre, incluindo-o no You Tube para que ele pudesse ser disponibilizado aqui em tela cheia. O editor tem conversado com o dr. Ariel por WhatsApp. Neste vídeo, o dr. Ariel explica de modo didático, inclusive usando um "power point" doméstico, para demonstrar que o confinamento horizontal, o lockdown, é um tremendo erro estratégico dos políticos assistidos por pessoal da saúde que não sabe o que está fazendo. Confinar grupos de risco e idosos não tem nada a ver com lockdown e é a única política sanitária que se impõe. Liberados todos os demais, o vírus cumprirá sua inevitável trajetória, chegando um momento em que os grupos de risco e idosos poderão sair sem risco, já que os demais estarão blindando-os por terem contraído ou se curado do vírus chinês. É simples assim. Veja como é isto na prática:

13 comentários:

Anônimo disse...

Osmar Terra vem falando isso desde o inicio.

adilson disse...

Se alguém age em determinada direção ativamente,determinado,é válido,aceitável,supor que ele desejava o resultado,mesmo que em certo grau?Hoje,prá mim e para um monte pessoas,isso é evidente.Tomara que quem participou disso pague!”A ciência",grande zerda,são homens e seus propósitos a invocar e usá la!Homens de barro e seus deuses de ouro.Há os que entendem e sabem,mas desgraçadamente são pouco ou nada ouvidos,vide o senhor do video acima!

Coronel Estrela disse...

Mais um show de conhecimento e de explicações racionais do Dr.Zimmermann.

Esse qualificado médico deveria estar na assessoria direta do ministro da saúde.

Anônimo disse...

Infelizmente, o medo e a histeria são mundiais, fazendo parte de uma agenda global. Esta semana outro médico da Santa Casa falou que os hospitais vão ter que se reinventar, bla, bla, blá, fique em casa, etc.

Quantos médicos, gestores de hospitais, professores de medicina estão na folha de pagamento dos laboratórios para que esta histeria continue, até que a vacine venha ou outro medicamento caro seja vendido no Brasil como o do laboratório Gilead?

Anônimo disse...

A suécia tem hoje a maior taxa de mortalidade do mundo
É um país com alta escolaridade, alta renda e altos índices sanitários
Imagina essa política de rebanho no Brasil !!!!!!
Seria um genocídio com uma crise social muito mais intensa
A tx de complicações tem se mostrado imprevisível
O contaminado pode ser mais ou menos vulnerável e o contaminante pode ser hipo ou hiper infectante
São muitas variáveis desconhecidas no momento
Não tem como arriscar

Anônimo disse...

Isso é ciência de verdade! e não o que a Globo propaga, nem a rbs, a seita da terra parada. O problema é que a gente compartilha isso mas não entra na cabeça dos tontos desmiolados, eles preferem se informar pelo jornal nacional.

Neil Ferguson, ingles que propôs esse modelo absurdo de confinamento foi violar a quarentena pra visitar a amante,(mas isso os jornais bandidos não noticiam é claro) o legitimo faça o que eu digo, não faça o que eu faço. Hipocrisia total.

Anônimo disse...

Absolutamente compreensível.

Contudo, a população ignara não vai entender isto nunca, pois nunca foi exposta aa matemática. Vão continuar achando que é o fim e que tudo vai acabar.

O pior é que, sem vacina e sem trabalho, a coisa pode acabar mesmo, pois não vamos morrer de doença, mas de fome.

Anônimo disse...

Pois é, MAS os políticos pensam na próxima eleição, prefeito neste mesmo ano e governador daqui a dois anos e meio!

CONCLUSÃO: Não é o VIRUS CHINES nosso inimigo, NOSSO INIMIGO são os POLITICOS.

POLITICOS que nos governam como rebanhos que assistem aos noticiários das grandes mídias.

LOGO, os políticos com sua maioria ESTÃO ASSOCIADOS às GRANDE MIDIAS.

AS GRANDES MIDIAS ganham muito dinheiro vendendo noticias ruins mediante patrocinadores que se aproveitam do momento nosso de isolamento obrigatório.

PORTANTO, SENHORES NÃO DEVEMOS comprar produtos dos patrocinadores das grandes mídias deste momento!




Fredoliveira disse...

Parece que queriam determinar o padrão viroticp através das estratégias políticas. Tudo errado. Os especialistas vem falando isso no mundo inteiro mas creio que os interesses políticos e a ignorância optou pela quarentena de todos, ampliando o tempo do problema sem solucionar nada. Já entramos no Brasil.no terceiro mês de recolhi.ento e, como em toda a parte em que foi adotado só vimos proliferar os as os mais graves.

Paulo Rocha disse...

Outro dia assisti a uma médica que trabalha para o laboratório Sabin tratando dessa matéria e segundo ela, até atingir a imunidade de rebanho (70%), morreriam aproximadamente um milhão de pessoas (no Brasil). Terror total.

Alejandrolopezz disse...

Tem muita gente mal intencionada espalhando pânico para lucrar politicamente.

Unknown disse...

É difícil aceitar uma explicação, por mais técnica que pareça. Mas, hoje, já há fortes indícios de que o modelo de imunidade coletiva parece ser bastante aceitável, e a exposição do Dr.Ariel é muito convincente. Viver é um risco e, portanto, precisamos de exposição para comprovação da teoria e não confinamento, que acaba prolongando o tempo de ameaça de contaminação pelo vírus.

José Corrêa disse...

Mas isso a impren$a não mostra!!!